Tag

família

Browsing

O fenômeno é um método psicoterapêutico  que estuda padrões de comportamento

As constelações familiares colabora na compreensão de diversos esquemas em seu nível mais profundo. Ela nos liberta e de uma queixa trazendo paz, felicidade e equilíbrio na vida.  

Leia também:

Síndrome de Burnout é coisa séria

A pílula da felicidade é real

Para algumas pessoas, a constelação sistêmica ainda é um mistério. Para outros que buscam terapias alternativas já é uma realidade.  Muitos de nós buscamos respostas para compreender certos padrões de comportamento – nunca conseguir realizar um sonho, ganhar dinheiro, achar o par perfeito e etc.

A constelação é importante nesse processo. Desenvolvida pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger, o processo pode ser realizado de forma individual ou em grupo, no qual a pessoa que tem uma queixa é conduzida pelo profissional, normalmente terapeuta.

A partir daí, no caso do grupo, as pessoas presentes são escolhidas para representarem os familiares da pessoa constelada. É importante ressaltar, que essa técnica nada têm a ver com espiritismo ou astrologia.

EXEMPLOS DE QUEIXAS

Se você, por exemplo tem uma dúvida ou deseja saber os porquês de não ter sucesso, prosperar ou simplesmente entender os porquês de uma relação ruim com pessoas do trabalho ou até mesmo da família, questões de saúde, etc, acredite, você irá se surpreender com esse método.

Poder trabalhar as emoções e energias inconscientes é possível. Se a sua queixa for algo voltado para sua empresa, a constelação também pode ser uma solução interessante.

No quadro ” De Carona com Curty”, entrevistei o consultor sistêmico, Rômulo Fainbaum e fiquei mais por dentro desse assunto, cada vez mais procurado.

Abaixo o link para você saber mais também e se programar para assistir e quem sabe, fazer a sua constelação. Eu fiz a minha e a experiência foi fantástica.

Até a próxima!!

Bora pedalar de graça e ainda fazer o bem nesse próximo sábado?

Calma! Se você não tem o costume de pedalar, pelo menos vale a pena tentar nessa dica que te passo agora.

Leia também:

A importância de pedalar em família

Bicicleta também é transporte em São Paulo

Você já ouviu falar do Bike Tour SP? A empresa fundada em 2013 pelos irmãos André e Daniel Moral, oferece aos interessados, um passeio de bicicleta gratuito pela cidade de São Paulo.

O passeio é agradável, seguro e enriquecedor. Os participantes pedalam acompanhados por dois monitores e com um equipamento de áudio acoplado no capacete que informa dados e curiosidades das atrações culturais da cidade, em português, inglês e libras.

E o melhor – o Bike Tour SP empresta as bikes, os capacetes e outros equipamentos de segurança. De graça? Acredite, a contrapartida é a troca por 2kg de alimentos não perecíveis. Demais não é mesmo? Fazer atividade física, ganhar cultura e ainda fazer o bem a quem precisa.

Nesse dia 13 de abril, o Bike Tour apresenta seu mais novo passeio – Pedalada pelo Centro Novo. Trata-se de uma área do centro da cidade localizada a partir do Vale do Anhangabaú, tendo no Viaduto do Chá seu grande divisor do chamado Centro Velho, onde estão a Praça da Sé e o Mosteiro de São Bento.

E o porquê do nome? A justificativa é simples: no final do século dezenove e início do século vinte, era a parte do centro com construções mais recentes, para onde ele se expandiu naquela época.

Em contraposição aos edifícios mais antigos do centro velho, muitos relacionados à fundação da cidade, como o Pateo do Colégio, o centro novo começou a abrigar edifícios de linhas mais ecléticas e que seguiam o art-déco, movimento arquitetônico em voga a partir da década de mil novecentos e vinte. Mais do que isso, as construções do centro novo evidenciavam o momento econômico que vivia São Paulo naquela época, com suas elites enriquecidas pelo ciclo do café.

Inspire-se nesse belo trajeto. E saiba que se não puder ou conseguir pedalar, eles oferecem um trenzinho para pessoas com deficiência, mobilidade reduzida e idosos.

Trajeto

1. Praça das Artes
2. Sesc 24 de Maio
3. Teatro Municipal de São Paulo
4. Bar dos Arcos
5. Biblioteca Municipal Mário de Andrade
6. Galeria Metrópole
7. Edifício Itália
8. Edifício COPAN
9. Gastronomia no Centro
10.Praça da República
11. Minhocão
12. Praça Princesa Isabel
13. Estação Júlio Prestes e Sala São Paulo
14. Museu da Resistência e Estação Pinacoteca
15. Pinacoteca do Estado
16. Estação da Luz e Museu da Língua Portuguesa
17.Parque da Luz
18. Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Santa Efigênia
19. Largo do Paiçandu e a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos
20. Galeria Olido21. Galeria do Rock

 SERVIÇO

📌 Inscrição gratuita – www.centronovo.biketoursp.com.br

📌 Nós emprestamos a bicicleta

📌 Pedimos em contrapartida 2kg de alimentos não-perecíveis

📌 Local de saída – Praça das Artes – Avenida São João, 281

📌 Horários – 09h, 11h, 13h e 15h

📌Instagram do projeto —> @biketoursp

📌Instagram exclusivo dessa rota –> @biketoursp.centronovo

 Depois me conta a experiência, combinado!

Até a próxima!!

Viver e não ter a vergonha de ser feliz!

Frase sábia para quem realmente sabe o que é viver a vida!!

O final de semana está aí e nada melhor do que voltar a ser criança, se divertir em família e viver experiências que podem fazer o seu dia ainda mais vibrante.

Leia também

A pílula da felicidade é real

Teatro grátis: Amigas, Pero no Mucho

Se você tem a sua vida repleta de responsabilidades, cobranças, estresse e reclama que não sobra tempo para nada, acredite, existe uma maneira de se sentir mais leve e relaxado com essas dicas de atrações que te apresento abaixo.

E detalhe. Se você tem filho, sobrinhos, afilhados, a brincadeira ficará ainda melhor.

Você sabia que em São Paulo, mais especificamente na Chácara Santo Antônio, zona sul de São Paulo, existe um parque de diversão de infláveis?

 

 

 

 

 

www.jotape.photo

Sim, é o famoso PopHaus. A estrutura desse parque é toda de infláveis. São diversas atividades esportivas para toda a família. Entre eles estão:

Bubble Soccer

Futebol de sabão

Giro Radical

Guerra de Cotonetes

Slip N Slide

Nerfs de Água

O espaço funciona de domingo à sexta, das 13h às 21h, e aos sábados, das 10h às 22h.

As brincadeiras são realizadas ao ar livre, dentro das instalações do parque.

Saiba mais como funciona a reserva de ingressos nos dois espaços Play Pop e Popzone

https://pophaus.com.br/

Endereço: Rua Dr. Rubens Gomes Bueno, 288 – Chácara Santo Antônio
Telefone: (11) 5641-1720

A moda hoje também para o público adulto é a da diversão virtual. Se você tem esse perfil, a minha indicação é A VR Gamer – primeiro parque de diversões especializado em realidade virtual de São Paulo.

Nessa experiência, você será o próprio jogador do jogo escolhido, graças a alta tecnologia de captação de movimentos.

Ao todo são cinco salas disponíveis. Daí basta escolher a opção: Pular, saltar, lutar fisicamente, atirar, correr, etc.

Você pode fazer a reserva e conhecer mais no site https://www.vrgamer.com.br/

Endereço: Rua Dona Inácia Uchoa, 373 – Vila Mariana
Telefone: (11) 5081-7623

Quem aí não curte jogos de tabuleiro? Eu sou um apaixonado e sempre procuro jogar com minha família. Se falta um estímulo para você, então conheça o Ludus Luderia.

A casa que fica na região da Bela Vista é na verdade um bar que oferece diversos jogos de tabuleiro para seus visitantes – Ludo, War, Jogo da Vida, são apenas alguns dos quase mil oferecidos para que você possa reviver os tempos em que era criança ou adolescente.

A casa cobra um valor de entrada que já dá direito a usar os jogos das 18h até às 03h da manhã (horário de sexta e sábado). Nos outros dias a jogatina rola até às 0h.

O legal da casa é que também existe monitores especialistas para ajudar na escolha e ensinar como se joga o tabuleiro escolhido.

Saiba mais no site: http://www.ludusluderia.com.br/

Endereço: Rua Treze de Maio, 972 – Bela Vista (próximo metrô Brigadeiro).
Telefone: (11) 3253 8452

Agora se o seu lance é velocidade, a região do Tatuapé é uma boa escolha. Trata-se do SpeedLand, maior kart center do Brasil.

Se você se irrita com trânsito, sinais, radares, aqui então será sua forra.


São mais de 1200 metros de pista indoor e outdoor para se deliciar e mostrar toda a sua habilidade.

O espaço também oferece fliperama, simuladores de kart e um museu dedicado ao piloto Ayrton Senna.

Curtiu? Então saiba mais no site: http://speedland.com.br/

Endereço: R. Ulisses Cruz, 275 – Tatuapé
Telefone: (11) 2159-3888

Espero que goste das dicas.

Até a próxima!

 

Histórias em Quadrinhos é cultura

Na atual conjuntura das tecnologias, vale a pena reviver os quadrinhos

Leia também:

Bicicleta é transporte em São Paulo

Regimento da Cavalaria da Polícia Militar de SP

A megaexposição Quadrinhos, que está em cartaz no MIS (Museu da Imagem e do SOM) até o dia 31/03 é espetacular.

Lá os visitantes poderão ver de perto uma ampla retrospectiva da 9ª Arte contada através de revistas, artes originais e itens raros dos diversos gêneros das HQs – super-heróis, infantis, terror, aventura, romance, mangá, faroeste e muitos outros.

São diversos ambientes temáticos e imersivos que ocupam todas as áreas do Museu, apresentando também a influência das HQs na cultura pop e em outras mídias como cinema e TV.

Você também tem a oportunidade participar de atividades paralelas – curso, oficina, cinema e bate-papo com artistas, voltado para adultos e crianças.

A megaexposição tem a curadoria de Ivan Freitas da Costa (sócio-fundador da CCXP e da Chiaroscuro Studios) e projeto expográfico da Caselúdico, parceira do MIS em outras exposições como O mundo de Tim Burton, Silvio Santos vem aí! e Castelo Rá-Tim-Bum – A exposição.

A nostalgia será real. São mais de 600 itens reunidos em um período de 18 meses, entre pesquisas em diversos acervos. Além das peças do próprio curador, a exposição possui exemplares dos colecionadores Ricardo Leite, Marcio Escoteiro e Franco de Rosa, o Planeta Gibi, a família de Glauco, Francisco Ucha, Acervo Álvaro de Moya (Centro Universitário Belas Artes de São Paulo), JAL e Gualberto (HQMIX) e diversos artistas como Angeli, Laerte e Ziraldo.

E olha que tem bastante raridade. Por exemplo, a revista com a primeira aparição de Luluzinha, publicada na The Saturday Evening Post em 1935; a edição número 1 de O Pato Donald (1950); uma arte original da personagem de quadrinhos eróticos Valentina desenhada pelo seu criador, o italiano Guido Crepax; exemplar da revista Giant-Size X-Men 1 (1975) e uma ilustração original de The Spirit, que traz o personagem mais conhecido de Will Eisner.

Para os fãs do gato Garfield, tem um desenho feito por Jim Davis exclusivamente para a exposição e um vídeo com as tirinhas fazendo o desenho.

No quesito Brasil, entre os destaques está uma edição do jornal O Mosquito (1873) com capa de Angelo Agostini. Ele também colaborou com As Aventuras de Nhô Quim ou Impressões de Uma Viagem à Corte, considerada a primeira história em quadrinhos brasileira e uma das mais antigas do mundo.

A curadoria também teve acesso a desenhos originais de Ziraldo e Glauco. Entre os itens expostos estão um desenho feito a mão feito por Ziraldo com personagens de A Turma do Pererê e um caderno de esboços de Glauco com artes originais para a revista Geraldão, edição número 1.

DICA

MIS + Amazon.com.br: Compre ingressos antecipados no site e no app da Ingresso Rápido e ganhe 10% de desconto na Amazon.com.br.

Classificação indicativa

LIVRE

18 ANOS – SALA QUADRINHOS ERÓTICOS

 

SERVIÇO

HORÁRIO 

Terça a sábado – 10h às 20h.
Domingos e feriados – 09h às 18h.
A permanência no espaço expositivo é de até duas horas após o último horário.

INGRESSOS 

Antecipados: R$30 (inteira) e R$ 15 (meia) no site e no app da Ingresso Rápido.
Na bilheteria (sujeito a disponibilidade): R$14 (inteira) e R$7 (meia); grátis às terças.

Entrada gratuita (saiba mais).

COMPRAR

https://www.ingressorapido.com.br/event/9807/d/43273

Até a próxima!!

Quero uma casa no campo. Relaxar e sentir a natureza.

Bem, o estresse é algo extremamente ruim em nossa vida. O dia a dia com funções, obrigações, falta de tempo para fazer o que gosta, entre tantas outras desculpas para permitir que ele se faça presente, também tem uma saída.

Leia também:

Ubatuba é um paraíso de praias

Argentina, um lugar sensacional!!

Uma delas, para quem está perto de São Paulo é viajar para um lugar repleto de verde e cachoeiras. Sim, esse lugar se chama São Francisco Xavier ou São Xico para os íntimos.

São Xico é um distrito da cidade de São José dos Campos SP e se encontra entre as montanhas da Serra da Mantiqueira.    

Relaxar, respirar ar puro é uma das coisas que se pode fazer nesse delicioso local, que conta com charmosas e românticas opções de hospedagem.

Marque hoje mesmo a sua ida para lá. Aproveite a boa variedade de restaurantes, bares, lojas de artesanatos e claro, desfrute de lindas paisagens, trilhas, cachoeiras, ribeirões de águas cristalinas e a presença da fauna e da flora.

A cidade também é boa para as crianças. Elas podem se divertir na praça da igreja que é bem arborizada e conta com um parquinho. No local também é comum ter apresentações de música ao ar livre.

Caso prefira, você pode fazer como eu, alugar uma casa pelo site do https://www.airbnb.com.br/ Eu fiquei no Encanto Verde da simpática Lydia.

Deixo para você, um pouco da minha diversão em família. Se for, não esqueça de me dizer o eu achou.

https://www.youtube.com/watch?v=HlqRg6-6z8E

Até a próxima!!

 

 

Para você que está de férias em São Paulo e busca por alternativas grátis ou com baixo custo para curtir a família, apresento as dicas do site Catraca Livre.

Leia também:

A história de Fernanda Creazzo

A importância de pedalar em família

 

  • 1. Sescs de São Paulo (pode ir em todos!)

    Crédito: DivulgaçãoLegenda: Sesc Pompeia

    Só no estado de São Paulo, o Sesc conta com uma rede de 39 unidades destinadas à cultura, ao esporte, à saúde e à alimentação, ao desenvolvimento infanto-juvenil, à terceira idade e ao turismo social.

    A fim de proporcionar ao público o convívio e à troca de experiências, a instituição promove atividades diversificadas que possibilitam o bem-estar e o aprimoramento pessoal e social, crítico e renovador.

    Entre as paradas imperdíveis estão: um showzão na choperia do Sesc Pompeia; um mergulho na piscina do Sesc Belenzinho; e uma foto no mirante do Sesc Paulista!

    Funcionamento: terça-feira a domingo, diversos horários
    Preço: entrada gratuita e algumas atividades pagas – confira no site oficial.

  • 2. MIS | Museu da Imagem e do Som

    Crédito: Ding MusaLegenda: Museu da Imagem e do Som (MIS)

    O Museu da Imagem e do Som de São Paulo é um dos mais movimentados centros culturais da capital!

    Além de exposições, o MIS oferece uma grande variedade de programas culturais, com eventos em todas as áreas e para todos os públicos: cinema, dança, música, vídeo, fotografia e muito mais.

    Endereço: Avenida Europa, 158
    Metrô mais próximo: Linha 4 amarela – estação Fradique Coutinho
    Funcionamento: terça-feira a sábado (10h às 20h); domingos e feriados (9h às 18h)
    Preço: confira a programação em cartaz

  • 3. MASP

    Crédito: iStock | dabldyLegenda: MASP

    Em outubro de 1947, SP ganhava um espaço que provou ser um marco na disseminação da arte, o Museu de Arte de São Paulo. Dono do mais importante acervo de arte europeia do Hemisfério Sul, o MASP reúne cerca de 10 mil obras, entre pinturas, esculturas, objetos, fotografias, vídeos e vestuário de diversos períodos da história.

    Fundado em 1947 por Assis Chateaubriand (1892-1968), o MASP é um museu privado sem fins lucrativos, tornando-se o primeiro museu moderno no país. Chateaubriand convidou o crítico e marchand italiano Pietro Maria Bardi (1900-1999) para dirigir o MASP, e Lina Bo Bardi (1914-1992) para desenvolver o projeto arquitetônico e expográfico, que foi inaugurado em 7 de novembro de 1968, tornando-se um dos edifícios mais famosos do mundo e cartão postal da cidade de São Paulo.

    Endereço: Avenida Paulista, 1578
    Metrô mais próximo: Linha 2 verde – Trianon-MASP
    Funcionamento: terça e quarta-feira (10h às 18h); quinta-feira (10h às 20h);
    sexta-feira a domingo (10h às 18h)
    Preço: R$ 35 (inteira) e R$ 17 (meia-entrada) | Terça-feira a entrada é gratuita

  • 4. Itaú Cultural

    Crédito: Google Street ViewLegenda: Itaú Cultural

    O Itaú Cultural é um instituto voltado para a pesquisa e a produção de conteúdo e para o mapeamento, o incentivo e a difusão de manifestações artístico-intelectuais, contribuindo para a valorização da cultura de uma sociedade tão complexa e diversa.

    Ao considerar a cultura uma ferramenta essencial na construção da identidade e promoção da cidadania, desde 1987, quando foi aberto, o instituto busca democratizar e promover a participação social.

    Endereço: Avenida Paulista, 149
    Metrô mais próximo: Linha 2 verde – Brigadeiro
    Funcionamento: terça a sexta-feira (9h às 20h), sábado e domingo (11h às 20h)
    Preço: grátis

  • 5. CCSP | Centro Cultural São Paulo

    Crédito: Pedro MargheritoLegenda: Foto de um showzão do grupo Nômade Orquestra no CCSP

    Nascido no ano de 1982, o Centro Cultural São Paulo, conhecido como CCSP, é um dos primeiros equipamentos culturais multidisciplinares do Brasil. Aberto ao público, o local promove diversos eventos gratuitos ou a preços mega acessíveis, além de disponibilizar espaços para uso livre de seus frequentadores, que aproveitam o equipamento para fazer aulas de dança, desenho e muito mais!

    Endereço: Rua Vergueiro, 100
    Metrô mais próximo: Linha azul e verde – Vergueiro e Paraíso, respectivamente
    Funcionamento: terça-feira a domingo (10h às 20h)
    Preço: grátis

     

  • 6. Parque Ibirapuera da Conservação

    Crédito: Rafael NeddermeyerLegenda: O Parque Ibirapuera não é a coisa mais linda?!

    Escolhido por muitos paulistanos como um dos principais passeios de final de semana, o Parque Ibirapuera é o ambiente ideal para um piquenique com a família ou entre os amigos. Seja praticando esportes nos diferentes complexos do Parque, ou apenas relaxando com o que a cidade oferece. O Ibirapuera pode ser uma boa sugestão para quem quer fazer algo diferente gastando pouco.

    Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Parque do Ibirapuera
    Metrô mais próximo: Linha 1 azul – Ana Rosa
    Funcionamento: diariamente, das 05h às 00h
    Preço: grátis

  • 7. Casa das Rosas

    Crédito: André HoffLegenda: Muito amor: o espaço externo da Casa das Rosas também é conhecido como Jardim Paradiso!

    A Casa das Rosas é um museu dedicado à poesia, à literatura, à cultura e à preservação do acervo bibliográfico do poeta paulistano Haroldo de Campos, um dos criadores do movimento da poesia concreta na década de 1950.

    Localizada em uma das avenidas mais importantes da cidade de São Paulo, a Avenida Paulista, o espaço realiza intensa programação de atividades gratuitas, como oficinas de criação e crítica literárias, palestras, ciclos de debates, exposições, apresentações literárias e musicais, saraus, lançamentos de livros, performances e apresentações teatrais.

    Endereço: Avenida Paulista, 37
    Metrô mais próximo: Linha 2 verde – Brigadeiro
    Funcionamento: terça-feira a sábado (10h às 22h);  domingos e feriados (10h às 18h)
    Preço: grátis

  • 8. IMS | Instituto Moreira Salles

    Crédito: Allan Hipólito/ Catraca LivreLegenda: A biblioteca do IMS além de contar com design inovador, tem capacidade para 30 mil livros.

    Localizado em plena Avenida Paulista, ali do ladinho da Rua da Consolação, o Instituto Moreira Salles reúne grande variedade de atividades, que vão do cinema à música, sem esquecer da gastronomia, sempre tendo a fotografia como a grande protagonista. É a partir dela que uma programação toda especial foi desenvolvida incluindo palestras, cursos, workshops, exposições incríveis e uma biblioteca inteiramente dedicada ao tema, com obras singulares e relevantes para consulta e pesquisa.

    Vizinho da Japan House, Itaú Cultural, Centro Cultural Fiesp, MASP e Casa das Rosas, o IMS Paulista chega para consolidar de vez a Avenida Paulista como o principal corredor cultural da cidade e um dos mais importantes do país.

    Endereço: Avenida Paulista, 2424
    Metrô mais próximo: Linha 2 verde – Consolação ou linha 4 amarela – Paulista
    Funcionamento: terça a domingo (10h às 20h); quinta (10h às 22h); e feriados (10h às 20h)
    Preço: grátis

  • 9. Japan House

    Crédito: Allan Hipólito | Catraca LivreLegenda: A Japan House compõe o Circuito Cultural Avenida Paulista

    Verdadeira embaixada cultural da Terra do Sol Nascente em São Paulo, a Japan House foi inaugurada na Avenida Paulista com o objetivo de mostrar o melhor do Japão do século 21.

    Dividido em três andares de muita arte, design, moda, gastronomia, ciência e tecnologia, o espaço cultural apresenta uma programação repleta de exposições, seminários e workshops, até atividades que trazem ao Brasil os mais relevantes criadores e empreendedores japoneses da atualidade.

    Endereço: Avenida Paulista, 52
    Metrô mais próximo: linha 2 verde – Brigadeiro
    Funcionamento: terça-feira a sabado (10h às 22h); domingo (10h às 18h)
    Preço: grátis

  • 10. Pinacoteca de São Paulo

    Crédito: DivulgaçãoLegenda: A Pinacoteca é um dos museus mais lindos de SP <3

    A Pinacoteca de São Paulo é um museu de artes visuais dedicado à produção brasileira do século XIX até a contemporaneidade. Fundado no ano de 1905, é o museu de arte mais antigo da cidade.

    Ela está instalada no antigo edifício do Liceu de Artes e Ofícios, projetado no final do século XIX pelo escritório do arquiteto Ramos de Azevedo, que depois passou por uma ampla reforma com projeto do arquiteto Paulo Mendes da Rocha no final da década de 1990.

    Endereço: Praça da Luz, 2
    Metrô mais próximo: Linha 1 azul – Luz
    Funcionamento: segunda-feira e terça a quinta (10h às 17h30)

  • 11. Farol Santander

    Crédito: DivulgaçãoLegenda: Vista do Farol Santander, cartão postal do Centro Histórico de São Paulo

    Reaberto após dois anos de reforma, o Edifício Altino Arantes, mais conhecido como “Banespão”, no centro da cidade, agora oferece onze andares de atrações de cultura e lazer incríveis, como pista de skate, mostra de Vik Muniz e loft de luxo.

    Rebatizado de Farol Santander, o ponto turístico tem capacidade para receber 800 pessoas por dia para visitação. O tradicional passeio ao mirante com visão de 360 graus do centro da cidade também voltou a funcionar e custa R$ 20. Os ingressos podem ser adquiridos na portaria ou pelo site.

    O centro cultural ainda oferece atrações para todos os gostos, divididas em quatro eixos: memória, arte, lazer e empreendedorismo.

    Endereço: Rua João Brícola, 24
    Metrô mais próximo: Linha 1 azul – São Bento
    Funcionamento: terça-feira a domingo (9h às 20h)
    Preço: R$ 20

  • 12. Instituto Tomie Ohtake

    Crédito: Ricardo MiyadaLegenda: Instituto Tomie Ohtake

    Inaugurado em 2001,  Instituto Tomie Ohtake é um dos únicos espaços da cidade especialmente projetado para realizar mostras de artes plásticas, arquitetura e design.

    Em homenagem à artista que lhe dá o nome, o Instituto desenvolve exposições focadas nos últimos 60 anos do cenário artístico, ou movimentos anteriores que levam a entender melhor o período em que Tomie vem atuando, organizando mostras inéditas no Brasil como Louise Bourgeois, Josef Albers, Yayoi Kusama, Salvador Dalí, Joan Miró, entre outras.

    Além de exposições, a programação se desdobra em atividades como debates, pesquisa, produção de conteúdo, documentação e edição de publicações.

    Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 201
    Metrô mais próximo: Linha 4 amarela – Pinheiros
    Funcionamento: terça-feira a domindo (11h às 20h)
    Preço: grátis

  • 13. CCBB SP

    Crédito: DivulgaçãoLegenda: O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB para os íntimos) é um dos espaços culturais mais lindos do centro

    O CCBB São Paulo ocupa um prédio construído em 1901 no coração histórico da cidade. Numa via hoje de pedestres, o edifício foi comprado em 1923 pelo Banco do Brasil.

    Inaugurado em 21 de abril de 2001, o CCBB São Paulo é a 3ª instituição cultural mais visitada no país e a 68ª. no mundo, de acordo com o ranking da publicação inglesa The Art Newspaper (abril/2017).

    Endereço: Rua Álvares Penteado, 112
    Metrô mais próximo: Linha 3 vermelha – Sé
    Funcionamento: segunda-feira e quarta a domingo (09h às 21h)
    Preço: grátis

  • 14. Theatro Municipal de São Paulo

    Crédito: Foto oficial Theatro MunicipalLegenda: Theatro Municipal de SP

    O Theatro Municipal é um dos espaços culturais mais icônicos em SP. Símbolo da era cosmopolita do século 20 e com grandes recursos provenientes da indústria do café, sua arquitetura, inspirada valores europeus da época, é um espetáculo à parte – e “só” isso já vale uma visita.

    Inaugurado em 12 de setembro de 1911, o edifício inspirado na Ópera Garnier, em Paris, tem a assinatura do arquiteto Ramos de Azevedo e projeto interno dos italianos Cláudio Rossi e Domiziano Rossi. Além de receber grandes nomes mundiais da música e da dança como Enrico Caruso, Maria Callas, Francisco Mignoni, Duke Ellington, Ella Fitzgerald, Isadora Duncan, Nijinsky, Nureyev e Baryshnikov; o Theatro também foi cenário de um dos principais eventos da história das artes no Brasil, a Semana de Arte Moderna.

    Endereço: Praça Ramos De Azevedo, s/n – República
    Metrô mais próximo: Linha 3  vermelha – Anhangabaú
    Funcionamento: consultar programação
    Preço: consultar programação

  • 15. Casa das Caldeiras

    Crédito: Allan Hipólito | Catraca LivreLegenda: Casa das Caldeiras é hoje um dos lugares mais deliciosos da cidade pra curtir um show ou se jogar num rolê

    Com tijolos e chaminés que remetem à memória viva do período em que São Paulo se transformou numa metrópole, a Casa das Caldeiras é hoje um dos lugares mais deliciosos da cidade pra curtir um show ou se jogar numa das festas que rolam gratuitamente de domingo por lá.

    Construído em 1920 para gerar energia às indústrias Matarazzo, o edifício que abriga a Casa das Caldeiras segue como fonte de energia nos âmbitos artísticos, culturais e sociais.

    Tombada em 1986, hoje é palco de eventos sociais, culturais e institucionais, investindo sempre na valorização do patrimônio e da memória, construindo de forma colaborativa uma ocupação independente, autônoma e mista, em torno da diversidade.

    Endereço: Av. Francisco Matarazzo, 2000 – Água Branca
    Metrô mais próximo: Linha 3 vermelha – Palmeiras-Barra Funda
    Funcionamento: consultar programação oficial
    Preço: grátis, na maioria das vezes

 

Kaspersky Password Manager

Crie uma senha forte para sua conta

Boa diversão e até a próxima!!

Oitava edição do Rocky Spirit será exibida nos dias 18 e 19 de agosto

Prepare-se para assistir horas e horas de filmes de esportes e aventura no Parque Villa-Lobos, em São Paulo. Trata-se do maior festival de cinema ao ar livre da América Latina.

Leia também:

Regimento da Cavalaria da Polícia Militar de SP

A importância de pedalar em família

Ao todo serão exibidos 25 filmes nacionais e internacionais. É muita diversão, adrenalina e momento para curtir com quem gosta.

A grande missão do Rocky Spirit é o de inspirar, emocionar e estimular a reflexão das pessoas sobre a maneira que cada um enxerga o mundo.

Isso é feito através do festival de filmes ao ar livre que tem o patrocínio da Omint e apoio das marcas Shimano e Specialized e a Colorado como cerveja oficial.

esse é um final de semana para curtir e muito o parque. Atividades físicas, relaxamento, pique-nique e programação intensa durante os dias 18 e 19.

A partir das 19h, começa a sessão. O público poderá assistir os melhores documentários sobre aventura, esporte e vida ao ar livre produzidos recentemente no mundo, vindos diretamente do Telluride Mountainfilm Festival – considerado um dos mais prestigiados festivais de filmes do gênero dos Estados Unidos.

Já imaginou? Serão 27 filmes (sete nacionais e vinte internacionais) sobre diversos esportes, como mountain bike, surf, esqui e montanhismo­­­­, além de meio ambiente, vida ao ar livre e tudo o que faz parte do universo outdoor.

Para completar a experiência, haverá bate-papos com os diretores e protagonistas dos filmes nacionais, possibilitando a interação do público, que poderá fazer perguntas e debater assuntos relacionados ao filme.

Destaques da programação

Entre os destaques deste ano, estão:

  • “Três Mulheres e uma Montanha”, dirigido por Marco Campos, que mostra gerações de mulheres de uma mesma família intrinsecamente ligadas ao Parque Nacional do Itatiaia, no Rio de Janeiro;
  •  “Via Cruxis”, uma animação dirigida pelo espanhol Ignasi López;
  • “A Onda da Pedra D’Água”, sobre a primeira geração de surfistas a desbravar as hoje famosas ondas de Trindade;
  • “The Frenchy”, que apresenta um francês muito figura, de 82 anos, que segue pedalando e esquiando nas montanhas do Colorado; e
  • “Pindorama”, sobre uma família brasileira que se lançou em uma viagem de bike pela costa da Bahia.

Você pode conferir toda a programação no site www.rockyspirit.com.br

Abaixo, sinopse dos filmes confirmados:

A ONDA DA PEDRA D’ÁGUA

Brasil, 2018

Direção: Caio Antunes e Laurent Refalo

O documentário conta a história da descoberta da onda do Cepilho, em Trindade (Paraty, SP), por meio de depoimentos e materiais de acervo da primeira geração de surfistas que exploraram a região, nos anos 1970. “A Onda da Pedra D’Água” explora as características e principais lembranças desse grupo que ajudou a desenvolver o surf no Estado de São Paulo.

BRASIL RAIZ

Brasil, 2018

Direção: Otávio Lino e Marcio Sanchez

A bordo de um carro antigo, Otávio Lino e Marcio Sanchez vão em busca de personagens regionais brasileiros que fizeram do turismo comunitário uma forma de preservar suas raízes, para ouvir o que eles têm a contar sobre suas origens.

Ao longo de oito meses e 24.000 km de viagem, encontram paisagens surpreendentes e muitas aventuras, e trazem um panorama das culturas e paisagens do interior de um país de tamanho continental.

ESCAPAR

Canadá, 2018

Direção: Anjali Nayar

Há algo gloriosamente incongruente – e quase incompreensível – sobre um DJ ruandês, avesso ao risco, não-atlético, que encontra o verdadeiro significado de sua vida pedalando pelo Canadá até a costa congelada do Mar Ártico em uma tentativa de quebrar o recorde da maior viagem de bicicleta de pinhão fixo.

No decorrer dessa improvável aventura, o protagonista, Jean-Aime Bigirimana, também descobre que a verdade sobre escapar não é tão definida como, digamos, sua silhueta de elastano contra a fria paisagem de neve canadense.

GUANACO

Brasil, 2017

Direção: Pedro McCardell

O explorador Pedro McCardell registra sua expedição de São Paulo à Patagônia, em solitário, a bordo de uma motocicleta. Durante a aventura, documenta pequenas histórias de viajantes de todo o mundo – histórias essas que se entrelaçam com o resgate de um animal entre a vida e a morte.

HAYLEY: 90 SEGUNDOS NO MEDO

Suécia, 2017

Direção: Stian Smestad

“Não posso ter medo. O medo é o assassino da mente. Medo é a pequena morte que causa o bloqueio total. Enfrentarei meu medo.” Esse é o mantra de Hayley Ashburn enquanto caminha por uma highline de 70 metros de altura entre paredes rochosas no frio das Dolomitas.

HOME TRILHAS

Inglaterra, 2018

Direção: Stu Thomson

Um escocês e um suíço se encontram em uma trilha… o que parece o começo de uma piada ruim é na verdade o começo de uma aventura épica.

“Home Trails” mostra o que realmente aconteceu quando os pros do mountain bike Danny MacAskill (o escocês) e Claudio Caluori (o suíço) decidiram pedalar juntos no Cantão dos Grisões, na Suíça – região alpine com a maior concentração de trilhas emu ma área tão pequena.

Nenhum cume era muito alto, nenhuma trilha era muito íngreme, nenhuma garganta era muito profunda.

IMAGINAÇÃO: TOM WALLISCH

Canadá, 2017

Direção: Dave Mossop

Do entediante banco de trás do carro dos pais, um jovem esquiador vê os montes de neve e os telhados inclinados que passam pela janela e imagina pistas urbanas de esqui.

Seu devaneio ganha vida quando o esquiador Tom Wallisch voa sobre latas de lixo e desce escadarias e corrimãos em Nelson, na Columbia Britânica, com faíscas voando quando seus esquis encontram asfalto. “Imagination” é uma prova que, com um pouco de neve e criatividade, tudo é possível.

INTERSEÇÃO: MICAYLA GATTO

Canadá, 2017

Direção: Lacy Kemp

A mountain biker profissional e artista plástica Micayla Gatto recria em suas pinturas as vistas arrebatadoras das serras que ela percorre em sua bicicleta. Pedalar pelas trilhas e usar o pincel na tela permitem a Micayla atingir o fluxo mágico de energia, onde ela existe completa e feliz no presente.

Intersection nos leva para dentro do vibrante espaço onde artista e atleta se unem, enquanto Micayla pedala através de sua arte com um toque de cor.

TREINADOR DE VIDA

EUA, 2017

Direção: Renan Ozturk, Taylor Rees

O escalador e cineasta Renan Ozturk faz a peregrinação para a paisagem denteada e agressiva da Geleira Ruth, no Alasca, todos os anos. Desta vez, ele e o colega escalador Alex Honnold estão de olho em uma bela linha no Monte Dickey.

Mas o tempo é horrendo. Então, em vez disso, eles acabam sentados na barraca, falando da vida. O que se desenrola não é o típico filme de escalada, mas sim uma tocante análise de grandes questões da vida.

MULHERES SÃO MONTANHAS

Brasil, 2018

Direção: Renata Calmon

“Mulheres São Montanhas” é uma janela para a vida das escaladoras Mônica Filipini e Danielle Pinto na pacata cidade de São Bento do Sapucaí, no interior de São Paulo, lidando com a maternidade e as atividades domésticas e curtindo a grande paixão pelas montanhas.

Com lirismo, o filme dá visibilidade à escalada tradicional feminina brasileira (um esporte ainda tradicionalmente masculino no país) e investiga as motivações dessas duas mulheres a se arriscarem nas rochas.

CAMPO DE JOGOS NATURAL

França, 2017

Direção: Benjamin Leclair

Benjamin Leclair aproveita ao máximo uma situação ruim, percorrendo as ruas inundadas de Paris num wakeboard. A filmagem aérea deslumbrante dá uma aparência muito melhor do que o provável cheiro.

NEON

EUA, 2018

Direção: Brett Novak

O trabalho do diretor norte-americano Brett Novak já esteve no Rocky Spirit mais de uma vez. Brett volta sempre porque seus filmes conseguem mostrar sua modalidade favorita, o skate, de uma forma única e surpreendente.

Em “Neon”, ele cria uma espécie de Copa do Mundo intergerações do freestyle colocando três dos maiores feras do esporte na atualidade – o canadense Andy Anderson, 22 anos, o japonês Isamu Yamamoto, de 15 anos e o espanhol Kilian Martin, 31 anos – para dançar.

PINDORAMA

Brasil, 2018

Direção: Fernando Biagioni

De volta às origens, Pindorama é uma expedição à terra sem males. Foram os encontros nessas terras que viriam a modelar uma nação. Mais de 500 anos depois, de bicicleta, a expedição de Fernando Biagioni e sua família percorre o trecho do litoral do Brasil hoje conhecido como Costa do Descobrimento.

Se, para muitos, viajar pela Bahia é visitar o imaginário de desbravamento do mundo novo, para eles essa foi uma viagem ao que restou de Pindorama.

ELEMENTOS ROGUE

EUA, 2017

Direção: Todd Jones, Steve Jones

Direito de passagem para qualquer esquiador de Jackson Hole, o Couloir de Corbet é conquistado aqui não em duas tábuas, mas em duas rodas.

RJ RIPPER

Nepal, 2018

Direção: Joey Schusler, Aidan Haley

Rajesh Magar sempre foi obcecado por bikes, desde pequeno, em Kathmandu, Nepal. Sendo filho de pedreiro e empregada doméstica, no entanto, uma bicicleta não era artigo fácil de conseguir. Incansável, ele construiu uma – um Frankenstein desajeitado, mas era uma mountain bike.

Ele começou a competir, e seu foco e talento natural foram notados, e ele acabou trabalhando como guia de mountain bike e trilhando o caminho para provas profissionais.

Hoje, o campeão nepalês é a prova viva de que vale a pena lutar pela sua paixão, não importa o quão impossível pareça.

ONDAS SECRETAS

Inglaterra, 2017

Direção: Tom Cockram

O diretor Tom Cockram viajou à Islândia para um filme sobre o local Ingo Olsen, um surfista apaixonado há mais de 20 anos. Durante uma semana, eles viajaram pela ilha procurando boas ondas ao longo da costa selvagem e compartilhando histórias e a paixão pelo mar.

Graças à posição única da ilha e às 20 horas de luz do sol, os dois descobriram novos picos e surfaram noite adentro. O potencial desta ilha exposta e isolada para o esporte é incrível e ainda inexplorado – mas Ingo guarda seus picos secretos com zelo.

PERPLEXO

EUA, 2017

Direção: Cedar Wright, Taylor Keating

“Não quero ser boa para uma garota, não quero ser boa para alguém que só tem uma das mãos, eu quero ser boa, ponto final.” Esta é Maureen Beck, escaladora. Nascida sem o antebraço esquerdo, Maureen escala boulders negativos, voa em 5.12s e ganha competições.

Mas ela não está aí para ser exemplo, ignorando o clichê de atletas com deficiência. “Não escalamos para sermos especiais, não escalamos para ganhar prêmios bobos. Escalamos porque amamos escalar, como todo mundo.” Alimentada por esse amor, ela tem uma meta ambiciosa.

SURF A LINHA

França, 2017

Direção: Jérémy Frey

Os Franceses Voadores estão de volta, e desta vez surfando uma highline de mais de 600 metros nas Montanhas Vercors, na França – descendo a 80 quilômetros por hora e rindo histericamente durante todo o percurso.

O FRANCÊS

EUA, 2018

Direção: Michelle Smith

Jaques Houot, de 82 anos, pode ter encontrado a fonte da juventude. Francês vivendo em Carbondale, Colorado, atleta de esqui e mountain bike downhill, ciclista de estrada e romântico incorrigível, ele é a personalização da alegria de viver.

Jaques passou perto de morrer umas vinte vezes, incluindo avalanches, câncer, acidentes de carro, ataque cardíaco e até tentativa de homicídio.

Como sobrevivente, explica, ele tenta aproveitar cada dia que tem, rasgando as montanhas com seu bordão “No problem!” “Quando você ri, acrescenta uma hora extra à sua vida. Eu vou morrer muito velho, porque eu amo rir”, diz.

O ESPAÇO DENTRO

EUA, 2017

Direção: Frank Pickell

Passeando pelas piscinas de maré de uma praia tropical deserta, um menininho encontra um misterioso tesouro nas pedras e é rapidamente transportado para um mundo diferente, coberto de neve e lar de esquiadores que cravam linhas na neve profunda.

O PACOTE DO LOBO

EUA, 2018

Direção: Nick Waggoner, Zac Ramras

No alto das montanhas de San Juan, sobre Silverton, Colorado, um grupo de corredores trota pelos campos, caminha sobre picos coloridos, embrenha-se pelas florestas e explora a paisagem acidentada de seu quintal.

É a família Braford-Lefebvre – mãe, pai e três filhos –, que usaram a corrida como mecanismo de cura e uma ferramenta para ajudá-los a viver juntos.

The Wolf Pack retrata a vida de uma família que vive da maneira certa: ao ar livre, pelas montanhas e na natureza.

TRÊS MULHERES E UMA MONTANHA

Brasil, 2018

Direção: Marco Campos

Um relato sobre três vidas – três gerações de mulheres de uma mesma família – intrinsecamente ligadas ao Parque Nacional do Itatiaia, no Rio de Janeiro. Cada uma a sua maneira, elas se conectam às montanhas desse parque para buscar sua essência.

VIA CRUXIS

Espanha, 2018

Direção: Ignasi López

Marcel e Andrezj são uma dupla lendária de escaladores, primeiros a conquistar alguns dos mais altos e difíceis picos. Apesar da diferença de temperamento, são um grande time. Marcel assumiu a liderança e a é o mais popular, enquanto Andrezj sempre ficou em Segundo plano.

Agora os dois enfrentam seu maior desafio: alcançar o cume virgem da montanha mais alta. Para realizar isso, eles terão que superar obstáculos terríveis, juntos.

POR QUE NÃO AGORA: VIVIAN STANCIL

EUA, 2017

Direção: Riley Hooper

Cega e com medo da água, Vivian Stancil aprendeu a nadar aos 48 anos. “Ouvi dizer que cegos não podem nadar”, diz Vivian, e continua: “Ah, podem sim!” Duzentas e vinte e uma medalhas depois, com metade do seu peso inicial, Vivian continua nadando.

Serviço – ROCKY SPIRIT
Data: 18 e 19 de agosto

Endereço: Parque Villa-Lobos – Ilha Musical

Telefone: 3039-8200 (Rocky Mountain) / 2683-6302 (Parque)

Horário de Funcionamento: 10h às 22h

Capacidade: 5.000 pessoas por dia

Estacionamento: R$ 20,00
Facebook: /rockyspiritfest

Instagram: @rockyspiritfest
Acessibilidade / Pet Friendly

Boa diversão e até a próxima!

Confira algumas dicas para incentivar uma criança a aprender andar de bicicleta

Leia também:

O Brasil joga e você viaja com desconto

Banco oferece desconto para aluguel de bicicleta na Copa

A prática esportiva é fundamental para alcançarmos à longevidade. Seja uma caminhada, uma corrida, natação, dança, o que importa é encontrar algo que te mantenha feliz, incentivado e em família.

Desta maneira, poder ensinar os mais novos , desde cedo a ter essa cultura esportiva é fundamental e pode ser mais fácil do que se imagina.

Uma das coisas gostosas da vida é saber andar de bicicleta. Poder se conectar com outras pessoas, curtir em família e cuidar da saúde se divertindo é demais, não é mesmo? E será que você que já sabe andar de bicicleta, saberia ensinar seu filho ou neto, caso já seja avó ou avô?

Então, vamos lá. Essa experiência pode ser bem interessante para você , principalmente se levar à risca o ditado ” que quem aprende a andar de bicicleta, nunca esquece”.  Algumas dicas podem ajudar a desenvolver essa técnica com mais precisão e menos pressão. Confira:

Qual a melhor bicicleta

Esse primeiro passo é de extrema importância. Saber escolher a “magrela” para o iniciante. E olha que considero nessa etapa, as crianças de até 5 anos. Compre as chamadas bicicletas de aprendizado. Elas não possuem pedais e nem as rodinhas extras, ou seja, a criança dirige com os pés apoiados no chão e após conseguir encontrar o equilíbrio que lhe dê segurança, passa-se então para as bicicletas de rodinhas.

Toda calma é pouca

A paciência é a um ponto importante no aprendizado. Cada criança tem o seu tempo e deve ser respeitado. A espera para andar pode chegar até um a dois anos. O que vale é saber esperar e comemorar junto.

Equipamentos

A roupa e os acessórios também devem ser levados em consideração. É recomendado andar de tênis, roupas leves, capacete, cotoveleiras e joelheiras. Sim, no começo ou até na fase adulta, o aprendiz irá cair e se estiver protegido, poderá levantar e voltar a andar.

 

Locais apropriados

É preferível optar por trajetos planos. Subidas e descidas podem dificultar as crianças a encontrar o equilíbrio sobre as duas rodas. Também recomenda-se priorizar espaços sem obstáculos. Parques são alternativas certeiras e a dica é deixar a criança andar em espaços abertos e perceber o próprio corpo. Os país podem segurar na parte de trás do banco para guiar a bicicleta, mas com a criança livre para andar.

Incentivo

Assim que você que é papai, mamãe, avó, avô, tio ou tia, ter a certeza e a confiança de que seu “aluno” está no momento certo de pedalar sozinho, essa é a hora de incentivar a fazê-lo. Muitos ensinam a criança soltando a mão da parte de trás sem avisar. Sinceramente não faça isso sem avisar a criança. Ela precisa saber que naquela hora é ele com a bicicleta e se sofrer uma queda porque sentiu que houve uma falta de cumplicidade, esse trauma pode custar caro.

Conexão

Aprendeu a andar, ótimo? Ainda não está 100%, tudo bem. O que vale é saber a melhor hora de sair por aí em família, amigos, novas pessoas da cidade, parques, entre outros locais e se divertir. Uma tarde pedalando em família é bem legal para fortalecer os laços.

Veja na sua cidade, alguns locais para andar de bicicleta com as crianças. Um lugar monitorado, seguro e que o faça entender a relação família, esporte e saúde caminhando juntos.

Até a próxima!!

E hoje é comemorado o dia da família. Para muitos, inclusive para mim, esse é um fator muito importante na minha vida. A família é algo que me motiva. É o meu porto seguro e a minha maior alegria.

E no mundo cinematográfico o que não falta são os filmes para essa categoria. E olha que são tantos filmes bons, seja de comédia, suspense, drama, ficção que fica até desafiador escolher um para sugerir hoje. Pois bem, a minha dica para você é o filme com o ótimo ator francês Omar Sy, aquele mesmo do filme Chocolate, Samba e Intocáveis. O nome da obra é “Uma Família de Dois”.

O filme mostra como a vida de Samuel(Omar Sy), um cara de bem com a vida, mulherengo, desencanado muda completamente com a chegada de um bebê de nome Glória, a sua filha. Sem condições financeiras e muito menos prática para cuidar da criança, ele vai à Londres atrás da mãe biológica. Sem sucesso se vê na missão de cuidar da filha e aprender coisas que nem imaginava ser capaz. Oito anos depois, quando pai e filha estão super entrosados, inseparáveis, eis que surge a mãe para recuperar a menina. Daí você já imagina o desfecho né? Assista o trailler abaixo, e corra para assistir o filme. Depois me conta o que achou. Combinado?

Até a próxima!

 

 

Hoje é dia de falar de viagem. Para os apaixonados por praias, um dos lugares mais maravilhosos do Brasil fica no litoral Norte de São Paulo. As belas paisagens, as variedades nas cores do mar, entre tantas outras coisas que valem a pena conhecer, está o município de São Sebastião.

O município, aliás é uma das dádivas de Deus, afinal não é em todo lugar que gera uma boa dúvida de onde ficar ou passar o dia com a família, amigos ou até mesmo sozinho.

A região é bem tranquila para se hospedar. Conta com diversos hotéis e pousadas para todos os bolsos e tipos de confortos exigidos.

Dentre as beldades está a pequena península de Camburi e Camburizinho – praias localizadas a 165km de São Paulo, via Rodovia Rio-Santos.  Ambas possuem areias brancas, mar com águas claras e com ondas calmas. Lá também é uma ótima pedida para quem busca uma atividade física, pois conta com rede de futvôlei, boa área para jogar frescobol, uma corrida, enfim, tudo para fazer de seu dia um momento glorioso.

Muitos não sabem, mas no meio aos sertões de Camburi é possível fazer uma trilha ecológica no meio da Mata Atlântica, com direito a rios e outras curiosidades. Em Camburi também se concentram excelentes restaurantes, desde o mais simples, o chamado PF até o mais elaborado.

Em breve, caso você não conheça, eu mostrarei um pouco desse belo conjunto natural, afinal estou de malas prontas para Curtyr esse final de semana por lá com a família. Anima? Vem comigo!

Abraço, beijos e continue ligado no Curtyndo60mais