Category

Saúde

Category

Febre amarela volta a assustar São Paulo

Leia Também:

O MELHOR REMÉDIO É FICAR SEM REMÉDIO

465 ANOS DA CIDADE DE SÃO PAULO 

De acordo com o portal de notícias G1, um diagnóstico de um macaco contaminado no Parque Zoológico, na zona sul da cidade, resultou na implantação de um posto de saúde no metrô.

O macaco segue em observação, mas por precaução, a prefeitura preferiu antecipar algum tipo de surto.

O posto que está localizado na estação Brás da Linha 3 – Vermelha, ficará em operação até o dia 28 de fevereiro.

As vacinas serão aplicadas no período das 11h às 16h. Passageiros que transitarem pelas estações Brás e Tatuapé da CPTM também poderão receber a imunização.

Vale ressaltar que é necessário levar um documento de identificação.

Agentes de saúde da Prefeitura farão a aplicação e também vão orientar os usuários sobre os cuidados necessários para evitar a proliferação de focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da febre amarela urbana e de outras enfermidades também.

ATENÇÃO

A Prefeitura recomenda que pessoas sem a imunização não visitem o Jardim Botânico e o Parque Zoológico.

A vacina contra a febre amarela demora 10 dias para ter efeito e garantir a proteção. Quem já foi imunizado não precisa levar uma nova vacina.

Vamos divulgar a sociedade e evitar uma epidemia.

Até a próxima!!

Kaspersky Password Manager

Crie uma senha forte para sua conta

Todo cuidado é pouco com os remédios que se consome

Leia Também:

Controle a sua alimentação com um diário

Conheça alguns benefícios do café

Aspirina, omeprazol e diurético podem causar câncer e diabetes

Estudo apontou 29% de chances de desenvolvimento das doenças

Um dos maiores problemas do ser-humano é o consumo de produtos em excesso. A ansiedade e a depressão são responsáveis pelo exagero em bebidas, alimentos e as drogas de diversos tipos.

Assim, quando esse exagero se trata de droga, isso é ainda pior. Claro que existem casos que o remédio, como o nome mesmo diz, é fundamental para amenizar ou realmente curar a patologia existente, amenizar dores e salvar vidas.

O que é certo é que devemos nos atentar aos tipos de remédios que consumimos, como revela um estudo dinamarquês, publicado na revista científica “Journal of the American Academy of Dermatology”.

Resultados constataram que medicamentos clássicos como aspirina, hidroclorotiazida (HCT, diurético usado contra hipertensão), estatinas e omeprazol colaboram para o desenvolvimento de câncer e diabetes.

O uso de hidroclorotiazida, aliás, está associado à maior incidência de alguns tipos específicos da enfermidade.

A pesquisa analisou 80 mil indivíduos com câncer entre o período de 2004 e 2012 e também 1,5 milhão de indivíduos que não obtiveram a doença.

A conclusão final foi que há uma chance até 29% maior de incidência para carcinoma de célula basal e até três vezes maior para o carcinoma de células escamosas.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), os cânceres de pele afetam 165 mil pessoas e matam cerca de 2 mil pessoas ao ano no Brasil.

Vamos cuidar da nossa saúde e buscar recursos naturais e práticas mais saudáveis, afinal, desta maneira chegaremos à longevidade de maneira plena. Consulte as várias dicas de mudanças de hábitos na Internet e também com eu médico de confiança.

Até a próxima!!

 

 

 

Kaspersky Password Manager

Crie uma senha forte para sua conta

Às vezes é preciso mudar hábitos e experimentar coisas novas

Leia também:

Novembro azul contra o câncer de próstata

A importância de pedalar em família

Eu confesso que nunca fui fã de café. Ok, eu já consumi essa bebida misturada com leite quando era pequeno, se não me engano até os meus cinco anos de idade.

Daí para frente jamais voltei a beber ou consumir esse importante produto, seja como bebida, chocolate, bala, etc.

Como tudo na vida, devemos avaliar o que vale a pena manter e até a voltar ser consumido.

Após ler essa matéria abaixo e que divido com você, quem sabe tomo gosto pelo café?

O café é conhecido pelo forte sabor e energia. Lembro que deve ser consumido com moderação. Agora, será que você conhece a fundo os benefícios desse produto?

Conheça alguns:

– Colabora para um melhor desempenho cognitivo,

– Melhora o desempenho físico,

– Possui antioxidantes e nutrientes

E não pense que acabou. Por exemplo, eu não sabia que a cafeína em contato com o cérebro, bloqueia os efeitos de um neurotransmissor chamado adenosina.

Esse bloqueio faz com que aumente o disparo neuronal no cérebro e a liberação de outros neurotransmissores como a dopamina e a norepinefrina, ou seja, ajuda a melhorar o humor, o tempo de reação, a memória, a concentração e a função cerebral geral.

Na questão física, se começar a perceber, verá que a cafeína é um dos compostos presentes nos suplementos para emagrecer.

O café ajuda a acelerar o metabolismo e também aumenta a oxidação de ácidos graxos

Diabetes é uma doença sem cura. Evitar ela é possível. Alguns estudos observacionais mostram que a bebida tem sido frequentemente associado a um menor risco de diabetes tipo 2. Essa redução do risco varia de 23% a 67%.

Outras doenças que são reduzidas com o consumo de café é a de Alzheimer e Parkinson.

É sabido que consumir exageradamente as bebidas alcoólicas prejudica o fígado podendo causar a hepatite e desenvolver a cirrose.

O café pode ajudar a amenizar esse risco porque em até 80%. De acordo com alguns estudos, o consumo de quatro ou mais xícaras por dia proporcionou efeitos mais fortes. Já em relação a redução ao risco de câncer de fígado chega a 40%

Uma xícara de café contém nutrientes e antioxidantes, sendo:

·         6% da IDR (Ingestão Diária Recomendada) de ácido pantotênico (vitamina B5);

·         11% da IDR de riboflavina (vitamina B2);

·         2% da IDR de niacina (B3) e tiamina (B1);

·         3% da IDR de potássio e manganês.

E não exagere e tome alguns cuidados – O consumo de café em excesso, principalmente de estômago vazio, pode ser prejudicial.

Saúde e vamos juntos alcançar a longevidade.
Kaspersky Password Manager

 

Crie uma senha forte para sua conta

Kaspersky Password Manager

Crie uma senha forte para sua conta

foto: Mundo Livre FM

O verão se aproxima e com ele os riscos de abusar do sol

Leia também:

Novembro azul contra o câncer de próstata

A importância da saúde bucal

O câncer de pele é uma realidade que cresce a cada dia. O dezembro laranja merece a sua atenção. É melhor prevenir do que remediar.

É claro que a absorver a vitamina D é importante para o organismo, a questão é saber usufruir do benefício e não exagerar na dose para evitar problemas futuros.

É possível se atentar aos sinais desse tipo de câncer e buscar um profissional de saúde para viver saudável e sem desenvolver a doença.

Muitos não sabem que é possível identificar sinais de câncer de pele, através de um exame chamado de ABCD que é realizado a partir da observação das características de manchas e pintas para verificar se há sinais que correspondam ao câncer.

Essas são as características observadas:

Assimetria da lesão: se a metade da lesão observada for diferente da outra, pode ser indicativo de câncer;

Borda irregular: quando o contorno do sinal, pinta ou mancha não é liso;

Cor: se o sinal, pinta ou mancha tem diferentes cores, como preto, marrom e vermelho;

Diâmetro: se o sinal, pinta ou mancha têm um diâmetro maior que 6 mm

 

Fora isso, também existem outros sinais de câncer de pele para serem levados em consideração e que muitos nem ligam por achar que é normal:

• Pequena ferida ou nódulo na pele, de cor branca, avermelhada ou rosa, que pode causar coceira;
• Ferida que não sara rapidamente

• Ferida ou nódulo na pele, que cresce rápido e forma uma casquinha, acompanhada de secreção e coceira;
• Ferida que sangra por várias semanas;
• Lesões brancas similares a cicatrizes que aparecem sem motivo aparente;
• Regiões avermelhadas e com ardor

• Úlceras abertas que sangram ou formam crosta;
• Um crescimento de cor de rosa com um leve encaixe no meio;

• Um crescimento de cor de rosa com um leve encaixe no meio;
• Verrugas que têm crosta na parte superior sem que tenham sido rasgadas;
• Pequenos pontos de cor pálida com células de sangue visíveis;
• Manchas ou regiões avermelhadas e irritadas ao redor do peito e das costas;
• Verrugas que crescem;

Evite o pior. Agende uma consulta com um dermatologista sempre que verificar alterações em um sinal, pinta ou mancha.

E muita calma. Não se precipite ou se cuide por conta própria – Na maioria dos casos, um sinal com alterações não é câncer.

Deixe para o médico avaliar as situações de momento. Às vezes consultas periódicas resolvem a questão como remover algum sinal cirurgicamente, evitando assim, que o câncer se desenvolva.

 

Bom verão a todos e muita saúde!
Até a próxima!!

 

Kaspersky Password Manager

Crie uma senha forte para sua conta

Os homens devem se conscientizar da importância dessa campanha

Leia também:

Elimine o mau humor de sua vida

Alguns cuidados para manter a sua voz saudável

O nome câncer assusta qualquer indivíduo. Independente do tipo dessa doença, o fato é que para qualquer uma delas existe cura, principalmente se tratada desde a sua descoberta. Vamos vencer esse mal.

Os homens vacilam quando o assunto é o câncer de Próstata, seja pela ignorância de achar que não há necessidade de levar a tão temida “dedada” ou simplesmente por se achar invencível.

Ora, mal sabem os homens que o câncer de próstata é o mais comum no sexo masculino e pior, de acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia, cerca de 29% das mortes em homens é por essa doença. No Brasil, um homem morre a cada 38′ devido ao câncer de próstata, segundo o Instituto Nacional do Câncer(Inca).

Então, se você ama a sua vida, a de sua família e principalmente, valoriza estar sempre bem, jamais deve ignorar os exames de rotina. E sim, as atividades físicas, boa alimentação, vida menos estressada e horas de relaxamento, colaboram para sua longevidade.

Não deixe para amanhã, o que você pode fazer hoje. A vida é passageira e exige cuidados. Um bom planejamento é essencial para evitar surpresas desagradáveis.

Está preocupado? Calma, tudo se resolve e da melhor maneira possível. Saiba mais sobre o que é a próstata, seus sintomas, tratamentos e seja feliz, viva para alcançar a longevidade e acima de tudo, seja homem de encarar o médico especialista. Acredite, ele quer o seu bem!!

Aqui a entrevista realizada com o urologista DR. Bruno Nascimento para o quadro “De Carona com Curty” . Espero que goste e marque logo a sua ida ao médico.

Divulgue e faça parte do Curtyndo+ . Sem você, o canal não existe.

Até a próxima!

 

 

 

 

Kaspersky Password Manager

Crie uma senha forte para sua conta

O mau humor causa doenças e afasta as pessoas

Leia também:

Lugar de mulher é na oficina

Alguns cuidados para manter a sua voz saudável

É muito comum ouvir de pessoas de nosso convívio que devemos ter paciência. Claro, é mais fácil olhar para o outro do que para nós mesmos.

O fato é que a paciência é uma virtude que deve sim ser trabalhada em excesso, mesmo sabendo que nem sempre será possível e muito menos comum darmos aquela estressada.

Todo mundo teve ou tem aquele estado de mau humor, seja quando acorda, durante o dia e pior, que faz questão de conviver assim.

Esse é o X da questão – se esse estado for algo permanente, pode ter certeza que o indivíduo está doente. Essa doença se chama distimia.

De acordo com os psiquiatras, a distimia vai além do mau humor, entra na questão da depressão de quadro leve e crônica se for um caso de pelo menos dois anos em adultos.

Então vale a pena prestar atenção –  Se sentir que está em uma fase depressiva, esse será o estado de seu humor. Já nas crianças e adolescentes, o humor deprimido pode dar lugar à irritabilidade, com duração mínima de 1 ano.

Confira os outros sintomas da distimia:

–  apetite diminuído ou em excesso

– baixa energia ou fadiga

– dificuldade de concentração, indecisão e desesperança

– baixa autoestima

– insônia ou muito sono

Se atente a esses sintomas e perceba como está a sua vida pessoal, escolar ou profissional. Se entender que seu humo interfere nas relações pessoais, procure um especialista no assunto.

A distimia também é conhecida como mau humor crônico e tem cura – Tratamento através de sessões de psicoterapia ou de psicanálise e antidepressivos.

Agora calma, não se precipite. De repente os sintomas que você têm atualmente sejam apenas de mau humor comum. Desta maneira, você consegue tratar da seguinte maneira:

Durma bem

Está mais do que provado que dormir oito horas é essencial para controlar o estresse e o seu humor.  Basta analisar como você fica quando dorme pouco ou muito. Pouco a chance de estresse é maior. Muito, a sensação de bem-estar se faz presente.

Pratique atividades físicas

As atividades físicas ajudam e muito na melhora do humor. Suar faz bem para a saúde e previne doenças, sejam elas físicas ou mentais.

Fabricar as endorfinas trazem sensações de otimismo e satisfação. O exercício também faz o corpo reduzir a atividade de hormônios como adrenalina e cortisol, que promovem sentimentos de ansiedade e tensão.

Melhore a sua alimentação

Alimentar-se bem e com critério também colabora para o bom humor. Faça o teste. Se permita mudar a sua dieta.

O seu organismo vai agradecer e a depressão passará longe de sua vida.

Busque o que te dá prazer

Ficar somente atento as suas tarefas diárias, esquecer da família, amigos e de momentos de relaxamento como ler, viajar, ir aos parques, shows, cinema, etc vai te adoecer.

Se dê um tempo no dia – 30’ a 1 hora que seja, ajudará e muito.

E sim, se entender que está com um comportamento diferente do que gostaria, busque ajuda de um profissional. Solte aquilo que te incomoda e viva plenamente.

Até a próxima!!

Kaspersky Password Manager

Crie uma senha forte para sua conta

No dia do dentista, nada melhor do que saber como cuidar da saúde do bom sorriso

Leia também:

Cansaço: Descubra se você chegou no limite

Alcance a felicidade com atividade física

É sabido que a saúde é um dos fatores mais importantes para se alcançar a longevidade. Seja através da atividade física regular, uma boa alimentação ou cuidados com o corpo, um fator que jamais deve ser ignorado, é a saúde dos dentes e da boca.

E olha que adotar simples hábitos de higiene bucal é simples e evita complicações como cáries e perda dos dentes.

Consulte e converse com esse importante profissional. Você com certeza ficará mais atento sobre as possibilidades práticas para fugir das infecções nas gengivas e nos dentes, apenas com simples cuidados no dia a dia.

Eu converso bastante com os meus dentistas da Odontologia Costella e por isso sei que umas das causas de doenças bucais estão o consumo do açúcar, a falta de higienização adequada, os tipos de fumo e até questões de hereditariedade.

QUAIS HÁBITOS DIÁRIOS SEGUIR

Parece besteira, só que não é. A escovação começa com uma boa escova. Prefira as de cerdas macias e nunca coloque força na escovação. É importante ter o hábito de escovar, pelo menos 3 vezes ao dia: após o café da manhã, após o almoço e após o jantar.

E sim, lembre-se de incluir na escovação a língua e o céu da boca e evitar erros que podem causar o acúmulo de tártaros, cáries e retração gengival.

 USAR O FIO DENTAL

Muitos pensam que é frescura, só que o uso do fio dental sempre será indicado pelos dentistas sérios. O fio dental é a única solução para limpar os locais aonde a escova não chega. É responsável pela limpeza correta dos dentes e gengivas. Muitos usam antes da escovação, só que normalmente é indicada também após.

USAR O ENXAGUANTE BUCAL

Quem pensa que esse produto serve apenas para aliviar o hálito, engana-se. Ele também é importante para eliminar bactérias causadoras de placa bacteriana, gengivite e cárie dentária.

Se possível evite os enxaguantes à base de álcool, pois os mesmos causam ressecamento.

QUANDO IR AO DENTISTA

bem, a regra é clara, para qualquer faixa etária, a recomendação é que seja feita uma visita a este profissional uma vez a cada 6 meses.

PRINCIPAIS DOENÇAS BUCAIS 

A falta de atenção e cuidados resultam nos seguintes problemas de saúde bucal.

Cárie

É uma doença infectocontagiosa que pode causar a perda dos dentes e causa incômodo, devido a produção de bactérias acumuladas com os restos de alimentos nos dentes, podendo desenvolver ácidos e buracos na dentição.

Gengivite

Estar com a gengiva inchada ou dolorida é um sinal. Outra atenção é na escovação e na utilização do fio dental –  Se sangrar, deve se atentar. Esse mal causa ainda o mau hálito e pode evoluir para quadro de periodontite.

Periodontite

Essa é uma doença proveniente da gengivite. É quando a inflamação alcança os tecidos de suporte do dente e acaba rompendo as fibras que unem a gengiva, o dente e o osso de suporte.

Um dentista poderá avaliar se existe ou não um espaço entre o dente e a gengiva maior que 3 mm.

OUTRAS DOENÇAS

O coração tem tudo a ver com os dentes – Sim, doenças bucais como as cáries e os problemas periodontais, após evolução podem ocasionar a endocardite bacteriana, uma infecção grave do coração causada por bactérias que entram na corrente sanguínea e se alojam na válvula cardíaca.

Então, vamos consultar um dentista com frequência e cuidar bem, dessa que é a nossa primeira impressão?

Até a próxima!!!

As causas vão desde questões biológicas a ambientais

Leia também:

Aplicativos que ajudam contra o Alzheimer

A importância da leitura para a memória

De acordo com o site catracalivre, uma pesquisa comprovou que existem causas biológicas, psicológicas e até mesmo ambientais, que explicam porque muitas vezes, nos sentirmos mais famintos fora de hora.

Desta maneira, o importante é tentar entender e ver como prevenir os excessos e males à saúde.

Exemplos:

A IMPORTÂNCIA DO SONO

É sabido que as horas de sono são fundamentais para estabelecermos e mantermos uma vida mas saudável. Só que a correria do dia a dia, muitas das vezes não nos permite dormir por pelo menos sete horas.

Sim, engana-se quem pensa que isso não faça diferença – Dormir menos horas do que o recomendado faz com que o organismo funcione de maneira desregulada e comprometa as funções endócrinas e metabólicas.

Assim, os hormônios que regulam o apetite colaboram para que a fome aumente e que o pouco alimento ingerido resolva a questão.

Pesquisas científica e de universidades já provaram que o indivíduo que dorme por menos de seis horas por noite absorve mais calorias no dia seguinte, em comparação as que conseguem dormir por sete horas ou mais.

Esse é um grande problema – As calorias extras acabam vindo de refeições mais calóricas para manter a energia mais alta, assim como a ingestão mais frequente de açúcar e cafeína.

EXCESSO DE CARBOIDRATO

A farinha branca é uma das principais fontes de carboidratos refinados. Ela é encontrada em muitos alimentos à base de grãos, como pão, macarrão e doces.

Por não possuir fibras de enchimento, o nosso corpo os digere muito rapidamente, sendo então, uma das principais razões por no deixar frequentemente com fome.

A PRESSA É INIMIGA

Sem dúvida nenhuma, a pressa é inimiga da perfeição. Na hora da refeição não poderia ser diferente.

Não mastigar direito os alimentos faz com que o cérebro e o corpo não entenda que o organismo já está satisfeito, e provoca então, uma ingestão calórica maior. Quanto mais tempo você mastigar, melhor para a  liberação de hormônios de saciedade.

CUIDADO COM A DISTRAÇÃO

Muitas vezes comemos em excesso, simplesmente pelo fato de não ter o que fazer. Perceba se você não faz isso, mesmo sem estar com fome.

Quando se sentir nessa situação, tente fazer alguma atividade, como exercícios físicos, ler um livro, enfim, algo que ocupe a mente. 

MANTENHA-SE HIDRATADO

A água é um ótimo aliado para suprir a necessidade de comer a todo momento. Acredite, um dos sinais de desidratação do corpo se apresenta como fome, o que ocasiona na necessidade de buscar o que comer e não beber.

Vamos juntos rumo à longevidade

 

 

 

 

Dia 21 de setembro se comemora o dia do combate ao Alzheimer

Leia também:

A importância da leitura para a memória

Exercícios para a concentração e para o cérebro

A doença que acomete uma parte da população é caracterizada como demência no individuo. Os comprometimentos são muitos e é preciso amor e compreensão.

Essa demência trata-se de uma síndrome que se manifesta pela perda das funções cognitivas como memória e linguagem, resultando em piora progressiva das atividades diárias.

Existe uma variedade de sintomas neuropsiquiátricos e alterações comportamentais –  De acordo com os dados, aproximadamente 4% a 5% das pessoas com mais de 65 anos de idade e 50% dos que estão próximos dos 90 anos estão com a doença.

Há mudanças importantes  no humor e do comportamento, principalmente quando se chega ao estágio da dependência, ou seja, quando há necessidade de que pessoas (familiares / cuidadores) ao redor por longo período.

Para ajudar você a evitar essa doença, hoje te apresento alguns aplicativos, que descobri pelo Smart Sênior e que vale dividir com você.

Todos eles são utilizados para estimular a memória e possuem jogos divertidos, interativos e que auxiliam na memória.  Bora exercitar o cérebro?

Fitbrain: É uma plataforma para treino de habilidades cognitivas. O aplicativo tem mais de 360 jogos que são projetados para melhorar memória, velocidade de processamento, concentração, resolução de problemas e habilidades visuais.

Phacil : este aplicativo para iOS desenvolvido por brasileiros (Bruno Rendeiro e Rafael Moris) é um quebra-cabeça cujas peças devem ser posicionadas de acordo com a cor. .
Lumosity: é um programa de treinamento cerebral criado por cientistas
Usado por mais de 85 milhões de pessoas em todo o mundo. Lumosity oferece um programa abrangente de treinamento cerebral com mais de 25 jogos.

Memory Trainer : Plataforma com jogos da memória dos mais variados tipos. O desenvolvedor promete que este software é capaz de exercitar sua concentração e a forma como você mantém o foco em determinadas situações.

Até a próxima!!

Confira alguns dos principais erros de quem deseja começar uma dieta

Leia também:

Carboidrato: A importância de tê-lo em sua dieta

1. Eliminar totalmente os carboidratos

É importante manter os carboidratos em suas refeições. Radicalizar não é o melhor caminho. Desta maneira, uma redução já ajuda na perda de peso.

Você pode mudar o tipo de carboidrato –  Experimente a substituição do arroz branco pelo integral, acrescente na dieta, a quinoa, batata doce, em sopas, saladas ou ensopados.

1. Comer muitas nozes e sementes

Lembre-se que apesar de saudáveis, alimentos altamente nutritivos são ricos em calorias. Por isso, fique atento ao tamanho das porções de nozes, sementes, óleos, frutas e abacates ingeridos.

Embora esses alimentos ofereçam uma boa fonte de nutrientes, eles também adicionam calorias e não representam benefício adicional.

Desta maneira, se você já está seguindo uma dieta balanceada, com outros alimentos saudáveis e nutritivos, mantenha-se firme.

2. Aprenda a fazer lanches saudáveis

Engana-se quem pensa que comer pouco durante o dia é a melhor solução para emagrecer.

O corpo precisa de nutrientes em um período de 3 a 4 horas. Uma das alternativas durante a tarde é o consumo de lanches, e não o sanduíche, assim, evite os gordurosos e passe longe dos fast-foods.

Confira a dica de um lanche saudável: Acrescente ovos cozidos, tomate, cereais oleoginosos, iogurte natural, atum e até fatias de peito de peru.

3. Evite paranoias

Claro que vale a pena se pesar semanalmente. Saber se está dentro de seu peso, se sua alimentação, aliada as atividades físicas estão dando resultado.

Evite entrar em paranoia, caso não tenha chegado ao objetivo. As coisas levam tempo e cada organismo responde de um jeito.

4. Dose bem as gorduras na sua alimentação

Mesmo que esse mal chamado gordura não seja totalmente a responsável pelo aumento do peso, suas calorias devem ser consideradas, uma vez que possui mais que as proteínas e os carboidratos.

Claro que as dietas devem ter também a gordura incluída, porém as consideradas saudáveis como por exemplo, as presentes nos peixes, nozes, abacates e óleos como o azeite extra-virgem e coco.

Assim, você não correrá o risco de engordar demasiadamente.

5.  Siga a risca

Evite fazer uma dieta de qualquer maneira. Busque alguma que você realmente conseguirá cumprir. Após alcançar o objetivo, evite o efeito “gangorra”.

Cuidado com dietas que possam te causar falta de nutrientes. E lembre-se, alie isso a uma atividade física regular.

6. Faça você mesmo

Aprenda a cozinhar você mesmo a dieta que melhor te atenda. Evite muito açúcar e sal.

Carne ou peixe grelhado (aromatizado com especiarias ou misturas de especiarias) com legumes e uma porção opcional de carboidratos, como quinoa, arroz ou batata-doce.

Combine uma salada com proteína (aves, camarão ou atum enlatado), legumes adicionais, gorduras saudáveis (nozes, sementes ou abacate) e conserva de legumes.

Valorize também os legumes em conserva ou cozidos com carboidratos, assim como a quinoa, arroz integral ou macarrão de trigo.

Boa saúde e bom apetite!