Category

Saúde

Category

Dia 21 de setembro se comemora o dia do combate ao Alzheimer

Leia também:

A importância da leitura para a memória

Exercícios para a concentração e para o cérebro

A doença que acomete uma parte da população é caracterizada como demência no individuo. Os comprometimentos são muitos e é preciso amor e compreensão.

Essa demência trata-se de uma síndrome que se manifesta pela perda das funções cognitivas como memória e linguagem, resultando em piora progressiva das atividades diárias.

Existe uma variedade de sintomas neuropsiquiátricos e alterações comportamentais –  De acordo com os dados, aproximadamente 4% a 5% das pessoas com mais de 65 anos de idade e 50% dos que estão próximos dos 90 anos estão com a doença.

Há mudanças importantes  no humor e do comportamento, principalmente quando se chega ao estágio da dependência, ou seja, quando há necessidade de que pessoas (familiares / cuidadores) ao redor por longo período.

Para ajudar você a evitar essa doença, hoje te apresento alguns aplicativos, que descobri pelo Smart Sênior e que vale dividir com você.

Todos eles são utilizados para estimular a memória e possuem jogos divertidos, interativos e que auxiliam na memória.  Bora exercitar o cérebro?

Fitbrain: É uma plataforma para treino de habilidades cognitivas. O aplicativo tem mais de 360 jogos que são projetados para melhorar memória, velocidade de processamento, concentração, resolução de problemas e habilidades visuais.

Phacil : este aplicativo para iOS desenvolvido por brasileiros (Bruno Rendeiro e Rafael Moris) é um quebra-cabeça cujas peças devem ser posicionadas de acordo com a cor. .
Lumosity: é um programa de treinamento cerebral criado por cientistas
Usado por mais de 85 milhões de pessoas em todo o mundo. Lumosity oferece um programa abrangente de treinamento cerebral com mais de 25 jogos.

Memory Trainer : Plataforma com jogos da memória dos mais variados tipos. O desenvolvedor promete que este software é capaz de exercitar sua concentração e a forma como você mantém o foco em determinadas situações.

Até a próxima!!

Confira alguns dos principais erros de quem deseja começar uma dieta

Leia também:

Carboidrato: A importância de tê-lo em sua dieta

1. Eliminar totalmente os carboidratos

É importante manter os carboidratos em suas refeições. Radicalizar não é o melhor caminho. Desta maneira, uma redução já ajuda na perda de peso.

Você pode mudar o tipo de carboidrato –  Experimente a substituição do arroz branco pelo integral, acrescente na dieta, a quinoa, batata doce, em sopas, saladas ou ensopados.

1. Comer muitas nozes e sementes

Lembre-se que apesar de saudáveis, alimentos altamente nutritivos são ricos em calorias. Por isso, fique atento ao tamanho das porções de nozes, sementes, óleos, frutas e abacates ingeridos.

Embora esses alimentos ofereçam uma boa fonte de nutrientes, eles também adicionam calorias e não representam benefício adicional.

Desta maneira, se você já está seguindo uma dieta balanceada, com outros alimentos saudáveis e nutritivos, mantenha-se firme.

2. Aprenda a fazer lanches saudáveis

Engana-se quem pensa que comer pouco durante o dia é a melhor solução para emagrecer.

O corpo precisa de nutrientes em um período de 3 a 4 horas. Uma das alternativas durante a tarde é o consumo de lanches, e não o sanduíche, assim, evite os gordurosos e passe longe dos fast-foods.

Confira a dica de um lanche saudável: Acrescente ovos cozidos, tomate, cereais oleoginosos, iogurte natural, atum e até fatias de peito de peru.

3. Evite paranoias

Claro que vale a pena se pesar semanalmente. Saber se está dentro de seu peso, se sua alimentação, aliada as atividades físicas estão dando resultado.

Evite entrar em paranoia, caso não tenha chegado ao objetivo. As coisas levam tempo e cada organismo responde de um jeito.

4. Dose bem as gorduras na sua alimentação

Mesmo que esse mal chamado gordura não seja totalmente a responsável pelo aumento do peso, suas calorias devem ser consideradas, uma vez que possui mais que as proteínas e os carboidratos.

Claro que as dietas devem ter também a gordura incluída, porém as consideradas saudáveis como por exemplo, as presentes nos peixes, nozes, abacates e óleos como o azeite extra-virgem e coco.

Assim, você não correrá o risco de engordar demasiadamente.

5.  Siga a risca

Evite fazer uma dieta de qualquer maneira. Busque alguma que você realmente conseguirá cumprir. Após alcançar o objetivo, evite o efeito “gangorra”.

Cuidado com dietas que possam te causar falta de nutrientes. E lembre-se, alie isso a uma atividade física regular.

6. Faça você mesmo

Aprenda a cozinhar você mesmo a dieta que melhor te atenda. Evite muito açúcar e sal.

Carne ou peixe grelhado (aromatizado com especiarias ou misturas de especiarias) com legumes e uma porção opcional de carboidratos, como quinoa, arroz ou batata-doce.

Combine uma salada com proteína (aves, camarão ou atum enlatado), legumes adicionais, gorduras saudáveis (nozes, sementes ou abacate) e conserva de legumes.

Valorize também os legumes em conserva ou cozidos com carboidratos, assim como a quinoa, arroz integral ou macarrão de trigo.

Boa saúde e bom apetite!

É comum diariamente ouvirmos várias maneiras para se alcançar à longevidade.

Leia também:

Alimentação: um fator importante ao seu treino

Cuidado para não se tornar mais um obeso

O importante é saber como seu organismo reage a falta desse ou daquele nutriente. Entre os mais “indesejados” está o carboidrato. Mas será que se deve mesmo tirá-lo da dieta?

Pois é, presente em alimentos como pão, massas, arroz e tubérculos, o carboidrato é um dos grandes responsáveis pela obesidade e consequentemente aos mais variados problemas de saúde pelo aumento ou diminuição de peso.

Assim, por que então manter ele no consumo diário? Por que não entrar em dietas que estão em evidência como a da low carb e paleolítica?

Você é responsável pela suas atitudes e sim, vale antes de radicalizar, entender se essa mudança também colabora para sua expectativa de vida.

Uma recente pesquisa da revista científica The Lancet mostra que sim, essa mudança pode prejudicar a sua longevidade.

A pesquisa analisou e questionou os hábitos alimentares de 15 428 pessoas de 45 a 64 anos. Após um período médio de 25 anos, 6 283 mortes foram registradas.

Na segunda parte, os pesquisadores combinaram esses dados com o de outros estudos e num total de 432 179 participantes, houve 40 181 óbitos.

Foi aí que no cruzamento de todos os números, notou-se que uma das causas era o baixo consumo de carboidratos (menos de 40% das necessidades calóricas diárias de uma pessoa), o que resultou em um maior risco de mortalidade.

Agora calma. Consumir em excesso também não é o caminho – Aqueles que consumiram mais de 70% de calorias provenientes de carboidratos também viu a sua expectativa de vida cair.

De qualquer maneira, a amostra entre 50 a 55% das calorias representadas pelo nutriente, valoriza à longevidade. Por isso, vale uma visita ao nutricionista para entender qual o seu consumo ideal.

QUALIDADE É FUNDAMENTAL

É claro que é fundamental aliar esse nutriente também a outros alimentos.

É comum vermos pessoas que trocaram os carboidratos por proteínas e gorduras de origem animal, como a de carnes de vaca e porco, aumentando assim o risco de mortalidade.

Agora, a expectativa de vida aumentava se troca fossem de origem vegetal – a exemplo de oleaginosas, abacate e leguminosas.

Por isso, antes de cortar os carboidratos, avalie quais os tipos escolhidos – Por exemplo, troque as massas refinadas e sobremesas por arroz integral, grãos, cereais e frutas, que contém fibras, ou seja, colabora na diminuição de colesterol e mantém a flora intestinal equilibrada.

Vamos juntos, rumo à longevidade e até à próxima!

Tratamento odontológico – Cuidar da saúde dos dentes é fundamental para o bem-estar.

O sorriso bonito e o hálito saudável pode fazer toda a diferença no seu dia a dia e nas relações pessoais.

Leia também:

Exames de colesterol são oferecidos de graça em SP

Você já ouviu falar da Menopausa e Andropausa

Engana-se quem pensa que os dentes nada têm a ver com a saúde em geral. Sim, você sabia que um foco de infecção de um dente pode provocar uma endocardite (inflamação do coração)?

E se não bastasse, existem casos mais graves como a septicemia (infecção grave no sangue). Cuidar da gengiva também é importante. Pessoas com diabetes descompensado, por exemplo, podem ter gengivite, periodontite com perda óssea e perda de dentes

Jamais deixe de usar o fio dental após as refeições. Bactérias e fungos podem se fazer presente nos dentes e na gengiva, ocasionando sérias consequências.

Procure um bom profissional e saiba como anda a sua saúde dental.

A dica abaixo é para você que busca uma consulta pagando um valor mais acessível.

A Universidade Metodista de São Paulo está com inscrições abertas para tratamento odontológico e tratamentos de ortodontia, voltado para crianças de 4 a 12 anos.

O objetivo é o de prevenir e corrigir problemas de alinhamento dos dentes. Esse tratamento também está disponível para os adultos.

Para se consultar é necessário se inscrever e agendar a triagem. Isso pode ser feito pelo telefone (11) 4366-5828. A partir daí será realizada uma avaliação prévia para encaminhamento à especialidade adequada a cada caso.

A clínica-escola é um serviço realizado na Clínica Odontológica Universitária. Fica dentro do campus Rudge Ramos, em São Bernardo do Campo, e é feito por alunos do curso de Odontologia com supervisão de professores e coordenadores.

Em casos emergenciais, consulte o horário de atendimento pelo telefone: (11) 4366-5565, de segunda a sexta-feira, das 7h às 22h, ou aos sábados, das 7h às 13h.

Boa saúde à todos e até a próxima!!

Rede de laboratório oferece mil exames gratuitos neste mês em São Paulo

Leia também:

Conheça dicas para envelhecer com mais saúde

Os dados são alarmantes e merecem cuidado A mais recente Pesquisa Nacional de Saúde identificou 18,4 milhões de brasileiros com colesterol alto, isto é, 12,5% da população.

O pior de tudo é que muitos estão com o problema e nem imaginam. Uma das causas é o fato de não se fazer os exames laboratoriais com certa periodicidade.

Desta maneira, a cidade de São Paulo a fim de conscientizar a população, nesse mês de agosto realizará exames de colesterol total gratuito para as primeiras 1000 pessoas.

Essa importante ação será realizada em quatro unidades do Labi Exames (veja endereços abaixo). Para quem desejar realizar um exame mais completo referente a gordura no sangue, poderá adquirir um desconto de 30%.

Essse check-up realiza seis exames: Colesterol Total, HDL Colesterol, LDL Colesterol, VLDL Colesterol, Colesterol não HDL e Triglicérides. O valor para realizar esse exame já com o desconto custa R$ 17,50, somente nesse mês de agosto.

Sinceramente é um valor bem abaixo do que os problema que o colesterol causa no indivíduo. Para quem não sabe, o colesterol é um tipo de gordura produzido pelo próprio organismo.

O problema é ele não ser controlado, o que resulta em doenças graves, relacionadas especialmente ao Sistema Cardiovascular, como infarto e AVC.

Os dois tipos são, o colesterol bom (HDL), responsável por proteger os vasos de acúmulo de gordura em seu interior e da consequente obstrução, e colesterol ruim (LDL), que induz ao acúmulo de gordura nos vasos.

Uma vez com o ruim elevado, o indivíduo pode vir a ter um infarto no coração, doença arterial periférica que dificulta o andar, doença nos rins com prejuízo do seu funcionamento, além de risco de AVC com sequelas neurológicas e morte súbita.

Vale a pena realizar esse tipo de exame periodicamente para ter sempre um controle da gordura no organismo.

Deixo para você, uma lista de alimentos que ajudam a baixar o colesterol ruim (LDL):
– Aveia e farelo de aveia
– Óleos vegetais
– Chá verde
– Maças
– Feijão
– Nozes e sementes
– Cevada e cereais integrais

Locais para realização do exame de colesterol total

Labi Exames Largo 13
Rua Barão do Rio Branco, 373, Santo Amaro

Labi Exames Centro
Avenida São Luis, 218, loja 1, República

Labi Exames Pinheiros
Rua dos Pinheiros, 1392, Pinheiros

Labi Exames Vila Mariana
Rua Domingos de Morais, 2104, Vila Mariana

Boa saúde e até a próxima!

Autoridades sanitárias estão preocupadas com o número de casos de sarampo no Brasil

Leia também:

Tratamento psicológico e terapia grátis em SP

Para se ter uma ideia, no país, ao menos três Estados registraram surtos da doença este ano – Roraima, Amazonas e Rio Grande do Sul.

O caso é mais grave nas crianças. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), a melhor maneira de evitar a doença é a prevenção. Então fique atento as formas de transmissão.

O sarampo é transmitido de forma direta, ao entrar em contato com secreções que sejam expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar de alguém que esteja infectado.

Desta maneira, caso esteja em alguma região com surtos, a melhor coisa a fazer é evitar ficar em locais com muitas pessoas, uma vez que possa ter alguém infectado.

O sarampo também está ligado aos fatores nutricionais. Assim, vale fazer uma alimentação balanceada e saudável, além de consumir bastante líquido, de preferência a água.

Mantenha também o ambiente em que vive e trabalha sempre limpos e com ventilação para evitar que o vírus fique presente no ambiente, principalmente se morar em uma casa pequena e com pessoas infectadas.

Vale o reforço de que tomar a vacina é importante, já que é a maior garantia de evitar a doença. De acordo com dados da OMS, aproximadamente 97% dos casos de sarampo acontecem por conta da falta de imunização.

Você pode se imunizar sem pagar nada nos postos do SUS (Sistema Único de Saúde). O esquema vacinal é de uma dose da vacina tríplice viral aos 12 meses e a segunda dose da vacina tetra viral aos 15 meses.

Os postos de saúde administram duas doses da vacina tríplice em pessoas entre 5 e 29 anos. Entre 30 e 49 anos, o esquema é de apenas uma dose. O vírus presente na vacina não é transmissível.

Já as mulheres que querem ter filhos, precisam se imunizar antes da gravidez, uma vez que gestantes não podem tomar a vacina, assim como crianças com menos de 6 meses, pessoas com a imunidade comprometida ou que já estejam com a suspeita de estar com sarampo.

É extremamente importante o diagnóstico médico, uma vez que a doença pode se agravar e passar para pneumonia ou até mesmo meningite.

Essa doença não possui um tratamento específico. Analgésicos e os antitérmicos são os medicamentos utilizados para reduzir as dores e os desconfortos.
Imunize-se e até a próxima!

São Paulo oferece terapia gratuita em diversos pontos da cidade

Leia também:

Você já ouviu falar da menopausa e andropausa

O dia a dia cada vez mais tenso. O estresse de viver em uma cidade grande, a falta de paciência com pessoas próximas, as críticas diárias e o sentimento de se colocar em várias situações como vítima podem ser resolvidas com terapia.

É claro que nem sempre é possível fazer um tratamento e tão pouco ter um plano de saúde que cubra as sessões de terapia. Agora, você sabia que a cidade de São Paulo, através de algumas universidades, centros de estudos e projetos voluntariados oferece tratamento psicológico grátis?

A relação apresentada abaixo oferece o serviço da seguinte maneira: O interessado deverá passar por uma triagem e aguardar em uma fila de espera e em outros poderá agendar o atendimento. É bom ressaltar, que nem sempre há vagas disponíveis, devido a procura. Vale a pena entrar em contato antes para ter as informações necessárias do procedimento.

Os serviços oferecidos são o de consultas terapêuticas, orientação a pais,  psicoterapia breve, atendimento a dependentes químicos, entre outras.

Confira a relação:

Clínica Aberta de Psicanálise na Casa do Povo

Rua Três Rios, 252

Atendimentos aos sábados às 11h, 12h, 13h e 14h, por ordem de chegada

Aqui basta se apresentar e colocar o nome na folha que está afixada no saguão – Na folha consta os horários disponíveis. O interessado deverá aguardar a chamada.

Instituto de Psicologia da USP

Endereço: Av. Prof Mello Moraes, 1721 -Bloco D – Cidade Universitária

(11) 3091-8248 / 8223

clinica@usp.br

As vagas para triagens são abertas de acordo com a disponibilidade da Clínica, que varia nos diferentes períodos do ano.

UNIB – Universidade Ibirapuera

Avenida Interlagos, 1329 – Chácara Flora

(11) 5694-7961

De segunda a sexta-feira, das 13h às 21h, e aos sábados, das 8h às 13h

UNINOVE 

Campus Vergueiro: Rua Vergueiro, 235, Liberdade

(11) 2633-9000

De Segunda, das 08:00 às 17:30; e sábado, das 08:00 às 11:30, com agendamento prévio.

O interessado deverá se inscrever pessoalmente no campus Vergueiro.  As triagens ocorrem às segundas-feiras (das 9h às 18h) e aos sábados (das 8h às 12h).

PUC

Rua Almirante Pereira Guimarães, 150 – Pacaembu

Telefone: (11) 3862-6070 (agendar primeiro – triagem)

De segunda a sexta-feira, das 8h às 20h

UNIP

Rua Apeninos, 267 – Vergueiro

(11) 3341-4250

Período de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

UNICSUL

As inscrições para este semestre já estão encerradas e retomam a partir da primeira semana de agosto.

  • Campus São Miguel  

Rua Taiuvinha, 26

(11) 2037-5853

De segunda à sexta-feira, das 13h às 21h, e sábados, das 8h às 12h.

  • Campus Anália Franco

Rua Prof. João de Oliveira Torres, 306

(11) 2268-0867

De segunda a sexta-feira, das 9h às 20h, e sábados, das 10h às 14h.

  • Campus Liberdade

Endereço: Rua Galvão Bueno, 724. 1º Andar

(11) 3385-3108

Horário: de segunda a sexta-feira, das 13h às 21h, e sábados, das 8h às 13h.

Universidade Cruzeiro do Sul

Rua Galvão Bueno, 724 – Liberdade

(11) 2297-4442

A inscrição deve ser realizada por telefone das 13h às 15h

O atendimento é realizado de Segunda a sexta-feira, das 13h às 20h, e sábados, das 8h às 12h.

Até a próxima!!

O tempo passa e você saber como se preparar para as mudanças do seu organismo é importante
Leia também:
A importância de pedalar em família

É natural qualquer mudança na nossa vida – Seja quando criança, na adolescência ou na fase adulta, sobretudo, no período do envelhecimento. Menopausa e Andropausa um dia pode chegar na sua vida.

As mulheres quando chegam na fase dos 45 anos se assustam com a chamada menopausa. E acredite, o home também sofre do problema. A diferença está no nome, nesse caso, é a chamada Andropausa.
Tanto um como a outra tem suas semelhanças e suas diferenças. Confira:

O organismo da mulher e do homem entram nessa fase durante o processo de envelhecimento e o corpo de ambos já está preparado para esse momento.

Período que a mudança aparece
A mulher conhece essa mudança entre os seus 45 e 55 anos e normalmente permanece com o problema em torno de um ano. Os homens, por sua vez, conhecem a Andropausa depois dos 50 anos e nem sempre sentem a mudança.

Alterações hormonais
Homens e mulheres chegam à mudança por questões hormonais. A mulher tem o seu ovário diminuindo a produção de estrogênio e progesterona até o final de seu período fértil. É quando termina o período de ovulação e consequentemente da menstruação.

Nos homens ocorre a dimunição drástica da testosterona, que são produzidos pelos testículos.

Cuidados com doenças
Mesmo que seja um período aguardado e com prazo de validade, a falta de produção hormonal pode ocasionar problemas na saúde de ambos os sexos. Problemas como Osteoporose e doenças cardiovasculares podem ocorrer, por isso a importância de sempre estar fortalecido e praticando atividade física regularmente.

Homens seguem férteis
Se a menopausa é muita das vezes a certeza da ineficiência reprodutiva, a andropausa, por sua vez não significa infertilidade para o homem. Os homens, mesmo que em menor quantidade, continuam produzindo espermatozoides o que os mantém reprodutores.

Mulher tem menstruação regular e homem sente a perda de libido
Esse período é para as mulheres uma fase de irregularidade da menstruação, sensações de muito calor, irritabilidade, falta de desejo sexual, muita ansiedade e insônia. Já nos homens é a enorme perda de libido, ou seja, o desejo sexual. Os homens também podem ter a diminuição dos testículos e da massa muscular, densidade óssea, queda de cabelo, além do aumento de gordura muscular e irritabilidade e até dificuldade de ereção.

Evite remédios
Se já é sabido que o problema ocorre em um período de sua vida, tente saber lidar com o problema. O desafio é tentar não usar de remédios e sim, buscar soluções naturais.
Praticar atividade física regularmente, ter uma alimentação mais saudável, muitas fibras e noites de sono, colaboram para vencer o desafio.

É importante nesse período ter o acompanhamento do médico – ginecologista e Urologista, no caso dos homens.

Bora se programar para encarar essa fase com categoria e menos sofrimento.

Até a próxima!

A vida está cada vez mais corrida e é preciso se cuidar para não sofrer com o cansaço

Leia também:

Banco oferece desconto para aluguel de bicicleta na Copa

A correria do dia a dia nos faz pensar se estamos, de fato, colaborando com a nossa saúde física e mental. Ter um planejamento diário é importante para evitar excessos e desgastes. É sabido também que isso não significa que no fim do dia se chegue forte.

É claro que se sentir esgotado é normal e engana-se que isso serve apenas para a classe adulta. O cansaço que mais incomoda não é o físico e sim o mental, afinal viver com preocupações, cobranças, rotina e com a falta de um tempo para poder relaxar, pode ser fatal.

Muitas pessoas lidam bem com o desgaste. A questão é que nem sempre essas sabem que chegaram em seus limites quando acham que nada dá certo, que erram demais, coisas que sempre acertaram. Isso é o que causa um desânimo, desinteresse e falta de energia para coisas que poderiam ser feitas.

A partir daí o indivíduo entra em um estado de tristeza, depressão, ansiedade e busca uma ajuda médica, se entrega em remédios, muitas vezes por conta própria e caminha a passos largos para uma vida sem sentido.

Avalie esses pontos abaixo e veja se algo faz parte do seu dia a dia.

Dor de cabeça – Sentir dores na cabeça é comum, o que não pode é ser algo frequente. Análise se vem com náuseas, pulsações, pressão e dores no corpo.  Se tiver algum desses sintomas, vale tentar algo para relaxar. Atividade física com frequência, Yoga ou meditação podem colaborar para a melhora.

Sono – Ficar por muito tempo cansado trará dificuldade para dormir e pior, mesmo que consiga dormir por longas horas, sempre terá a sensação que ainda precisa descansar mais. Isso ocorre porque o cérebro entende que não se energizou o suficiente para voltar a funcionar na correria do dia a dia que a pessoa exige.

Concentração – Verifique se anda com a cabeça longe de tudo. Se estiver muito distraído ou sem conseguir se concentrar para tarefas do trabalho ou de sua rotina, é bom começar a respirar e inspirar com mais atenção.

Estresse –  Mesmo que em alguns casos seja importante desabafar, “estourar” e não guardar mágoas, viver com tensões mentais ou físicas não vale a pena para ninguém.  Sem perceber você se cobrará mais e qualquer coisa que ocorra irá te tirar do sério, mesmo aquelas que nunca se importou.

Cuide de sua vida. permita-se viver mais e melhor. Alcance a longevidade com inteligência. Faça exercícios físicos, mesmo que pouco no início. Alimente-se adequadamente, sem exageros e comidas sem nutrientes. Faça coisas que também te dê prazer. A vida é um sopro e você é a dona dela. Aproveite e seja feliz.

Até a próxima!!