Category

Saúde

Category

Apesar de ajudar a emagrecer, dieta causa efeitos colaterais

Como anda a sua alimentação? Você se preocupa com o seu bem-estar ou topa qualquer desafio para emagrecer ou ganhar músculos, por exemplo?

Leia também:

O orgasmo é um grande aliado para a saúde

Conheça alguns exercícios para a saúde do cérebro

A dieta Cetogênica é responsável por reduzir no indivíduo o consumo de carboidratos, o que colabora para que o mesmo emagreça. O fato é que nem todos sabem que esse tipo de decisão também pode causar mal-estar.

Hoje essa dieta está na moda, nos assuntos entre as pessoas que buscam um equilíbrio em todos os sentidos, só que ela existe desde a década de 20, quando era usada para tratar a epilepsia.

É bem verdade que durante esse período muita coisa mudou nos estudos sobre essa dieta – Para se ter uma ideia, hoje ela também é considerada como um tratamento para qualquer tipo de situação, como por exemplo, infertilidade e diabetes tipo 2.

O conceito da dieta cetogênica é basicamente voltada para a redução da ingestão de carboidratos para uma quantidade inferior a 50 gramas por dia e para o aumento do consumo de gordura e proteína.

A grosso modo, seria aproximadamente a ingestão de 70% a 80% das calorias provenientes de gordura, de 20% de proteína e somete 5% de carboidratos.

VALE INVESTIR NESSA DIETA

Se é assim, então porque investir e realizar essa dieta? Tudo se baseia na perda de peso. Deixar de consumir carboidrato realmente colabora para o emagrecimento. A questão é como seguir em frente sem essa importante e necessária fonte de energia?

De acordo com uma matéria publicada no Journal of Clinical Neurology , no ano de 2015 foi concluído que apenas 45% dos participantes seguiram a dieta conforme prescrito. Um dos motivos dessa porcentagem foram os efeitos colaterais, isolamento social e fissura causados nos participantes.

Alguns nutricionistas entendem que a dieta cetogênica não é sustentável, uma vez que tira a vontade e o prazer de comer algo que fará o indivíduo feliz.

Entendo que o melhor a se fazer é procurar um profissional, passar a sua necessidade e assim encontrar um equilíbrio para manter a sua mente e corpo sem agressão.

Efeitos colaterais

É importante entender que mudanças radicais na dieta é perigoso e faz com que o corpo sinta.

No caso da dieta cetogênica é comum conviver com alguns efeitos colaterais nos primeiros dias, como dores no corpo, na cabeça e mal-estar.

Alguns estudos também afirmam que outros efeitos podem surgir como:

  • Perda muscular
  • Constipação
  • Alterações de humor
  • Desidratação e perda de eletrólitos
  • Deficiências nutricionais
  • Sobrecarga nos rins
  • Problemas no fígado

Sua saúde vale mais que a vaidade. Ache o melhor equilíbrio e dieta pra você. Fale com seu nutricionista, antes de qualquer atitude radical n sua dieta.

Até a próxima!!

Sexo faz bem para a saúde e deve ser valorizado

Para muitos pode parecer besteira, só que se prestarem atenção, perceberão a importância que se têm em fazer sexo.

Leia também:

Conheça alguns exercícios para a saúde do cérebro

O medo pode ser seu grande aliado

O sexo “correto” colabora e muito para a saúde! Quando se era jovem era o ápice alcançar o orgasmo. Homens e mulheres concordam que essa é uma sensação íntima das mais deliciosas, uma vez que resulta no que entendemos de “dever cumprido”.

Hoje em dia o orgasmo é analisado e estudado de outras maneiras, como a de melhorar as emoções, ter mais qualidade e o desejo de quero mais essa sensação.

Uma pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo (USP) mostrou que 70% dos brasileiros fazem menos sexo do que é declarado.

Por isso, vale entender e valorizar o que a ciência e os especialistas nos comprovam dia a dia, em relação aos benefícios que uma vida sexual ativa traz para o corpo. Confira:

Qualidade do sono

O orgasmo ajuda a relaxar e com isso faz com que você durma melhor, e não apenas nos dias em que houver sexo. Talvez você desconheça, só que essa reação tem efeito prolongado, devido a ação dos neurotransmissores que passam a agir no seu organismo com mais regularidade e numa quantidade maior.

Melhora nas cólicas da TPM

Consulte seu ginecologista para evitar problemas. Para muitas mulheres, os  movimentos realizados durante o sexo estimulam os órgãos internos, que ficam mais relaxados e, com isso, há diminuição das dores que incomodam seu bem-estar nos dias antes da menstruação.

Adeus o estresse

E não viaje – O orgasmo não é um remédio calmante, e sim, um fator que faz a relação afetiva ter mais prazer. Um orgasmo, quando atingido, de acordo com um estudo escocês, prova que os níveis de estresse tendem a diminuir não só pela estabilidade emocional, mas também porque os chamados hormônios do estresse, como o cortisol.

Coração sem infarto

Um estudo da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, realizado com mais de 3 mil homens de 45 a 59 anos, concluiu, após 20 anos, que o sexo frequente pode reduzir o risco de infartos fatais e de derrames. A morte súbita causada por problemas de coração é mais comum entre homens que afirmam ter níveis baixos ou moderados de atividade sexual.

Alivia as crises de enxaqueca

Médicos afirmam que o orgasmo libera substâncias, como as endorfinas, que atuam no sistema nervoso, o que colabora para a diminuição da dor, uma vez que os músculos relaxam e o humor melhora.

A pele agradece

Procure fazer sexo na parte da manhã. Sim, acredite, isso é maravilhoso para manter a beleza e se sentir mais jovem -Quem afirma isso é um estudo, realizado por cientistas da Universidade Queens (Reino Unido). Quando se atinge o orgasmo, os níveis de estrogênio, testosterona e de outros hormônios ligados ao brilho e a textura da pele e dos cabelos aumentam.

Fora isso, quando ter um orgasmo, faz com que ocorra uma vasodilatação superficial dos vasos, até aumentando a temperatura em algumas pessoas. Assim, a pele ganha uma aparência mais fresca e seu brilho traz um belo destaque.

Atividade física

Você já deve saber que a atividade sexual é um excepcional exercício para o corpo. Realizar meia hora de sexo queima, em média, 85 calorias. Vale ou não trocar a academia, de vez em quando?

Imunidade e alta

Ter uma vida sexual ativa, de acordo com um estudo da Wilkes University, nos Estados Unidos, aumenta os níveis de um anticorpo conhecido como IgA , responsável pela proteção do organismo de infecções, gripes e resfriados.

Então, avalie e veja se nas 24 horas do seu dia, vale ou não buscar o orgasmo com seu parceiro ou parceira.

Até a próxima!!

O indivíduo usa o cérebro bem menos do que poderia.

É sabido que a busca para alcançar a longevidade exige realizar atividades físicas regulares, praticar novas terapias para se autoconhecer como o Yoga e seguir uma dieta equilibrada.

Leia também:

Saiba como eliminar as toxinas do corpo

O cacau é um alimento saudável e poderoso

Agora você também sabia que trabalha a mente, sobretudo o cérebro também colabora?

O cérebro, mesmo que você discorde é um órgão bem preguiçoso, afinal ele trabalha no piloto automático. Assim, vale a pena conhecer alguns exercícios que exigem o raciocínio.

Hoje divido com você uma grata surpresa que descobri – O chamado Método Supera, do fundador Antonio Carlos Guarini Perpétuo, 58 anos, que é engenheiro aeronáutico.

O método da empresa reúne seis ferramentas que estimulam o cérebro: Entre eles estão trabalho no ábaco e as atividades neuróbicas. É trabalhado também nas apostilas, exercícios cognitivos, jogos de tabuleiro, jogos online e dinâmicas em grupo. 

De acordo com Perpétuo, todas elas colaboram no trabalho das funções cognitivas (memória, concentração, raciocínio e criatividade), socioemocionais (relacionamento inter e intrapessoal e autoestima) e éticas.

O método é voltado para todas as idades. A ideia é que desde cedo o indivíduo melhore sua performance na vida acadêmica, pessoal e profissional.

Ginástica para o cérebro: 10 atividades neuróbicas

Se você estiver se perguntando para que servem essas aeróbicas dos neurônios, a resposta é simples – Esses exercícios tornam o cérebro mais ágil e flexível e amplia as possibilidades na busca de novos caminhos.

Algumas modalidades de ginástica para o cérebro, como as neuróbicas incluem desde exercícios simples, as baseadas em situações diárias, até aos desafios mais complexos, que podem surgir no dia a dia.

Vamos experimentar algumas?

·         Ande pela casa de trás para frente;

·         Vista-se de olhos fechados;

·         Use o relógio no pulso contrário ao habitual;

·         Escove os dentes também com a mão contrária da de costume;

·         Veja as horas num espelho;

·         Troque o mouse de lado;

·         Em vez de elaborar uma lista, experimente memorizar o que tem de comprar no supermercado;

·         Faça um novo caminho para ir ao trabalho;

·         Ao ler uma palavra, pense em outras cinco que comecem com a mesma letra;

·         Selecione uma frase de um livro e tente formar, com as mesmas palavras, uma frase diferente.

Conheça cinco atividades para o cérebro:

Ginástica para o cérebro

Ginástica para o cérebro

Ginástica para o cérebro

Ginástica para o cérebro

Ginástica para o cérebro

RESPOSTAS – Desafio 1: A regra que determina a sequência é a posição da letra C; a resposta correta é a alternativa C, marisco, pois é a única palavra na qual C é a sexta letra; Desafio 2: O casal tem 4 filhas e 3 filhos; Desafio 3: Você pode encher a caixa de buracos; Desafio 4: São 15 para as duas; Desafio 5: Cada grupo de três números somam 30.

Por seus resultados surpreendentes, a ginástica para o cérebro vem sendo considerada tão necessária para manter a saúde mental quanto as atividades físicas são para a saúde do corpo. “Sabe-se que, com a prática disciplinada e adequada, é possível, entre tantas outras coisas, tornar-se mais ágil, criativo e produtivo”, pontua Perpétuo.

Atualmente a Rede Supera (https://metodosupera.com.br/) possui mais de 9.500 alunos 50+ matriculados nas 350 unidades em todos os Estados brasileiros.

Até a próxima!!

Vacina contra a gripe completou 20 anos em 2019

As campanhas de vacinação visam combater o vírus da gripe (influenza), realizadas pelo Ministério da Saúde.

 LEIA TAMBÉM:

Casos de dengue aumenta mais de 300% no Brasil

Saiba como eliminar as toxinas do organismo

Engana-se quem pensa que durante essas duas décadas nada tenha mudado. Uma das mudanças foi o aumento da quantidade de pessoas consideradas como o público-alvo recebendo a vacina, que também teve o aumento no número de doses oferecidas.

De acordo com o informe técnico publicado pelo Governo Federal, a campanha em 2019 será realizada até o dia 31 de maio.

A expectativa é que no próximo dia 04 de maio ocorra o ápice da campanha, o chamado dia D, uma vez que haverá uma grande mobilização nacional. O sábado promete render.

Vale você conferir se está presente no grupo de risco (Lista abaixo) ou se conhece alguém que precisa se vacinar.

É importante ressaltar que a vacina é aplicada nos postos de saúde, de maneira rápida, fácil e gratuita. Quem se vacina fica protegido e ainda colabora na redução do risco de transmitir o vírus da gripe para seus familiares e amigos.

 Quem deve tomar a vacina da gripe?

Neste ano houve também a ampliação do limite de idade no público infantil – Agora as crianças com até 6 anos incompletos podem tomar sua dose nos postos de saúde. Veja abaixo a lista dos grupos prioritários:

·         Indivíduos com mais de 60 anos

·         Crianças de 6 meses até 6 anos incompletos (5 anos, 11 meses e 29 dias de idade)

·         Gestantes

·         Mulheres que tiveram um filho nos últimos 45 dias (puérperas)

·         Trabalhadores da área da saúde

·         Professores de escolas públicas e privadas

·         Povos indígenas

·         Portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas (leia mais abaixo)

·         Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas

·         População privada de liberdade

·         Funcionários do sistema prisional

Quais as doenças crônicas e condições especiais que credenciam o paciente a receber a vacina? Confira a relação completa a seguir:

·         Doenças respiratórias crônicas (asma, DPOC, fibrose cística…)

·         Doenças cardíacas crônicas (hipertensão, insuficiência cardíaca…)

·         Doenças neurológicas crônicas (AVC, paralisia cerebral, esclerose múltipla…)

·         Doenças hepáticas crônicas (hepatites, cirrose…)

·         Doenças renais crônicas (paciente em diálise, síndrome nefrótica…)

·         Diabetes

·         Obesidade

·         Imunossupressão (indivíduos que estão com o sistema imune abalado por doenças ou medicamentos)

·         Trissomias (síndromes de Down, de Klinefelter, de Wakany…)

·         Transplantes (órgãos sólidos e medula óssea)

E se eu não faço parte desses grupos?

Num primeiro momento, as doses estarão disponíveis apenas para os grupos mencionados acima. Desta maneira, caso não se enquadre e se tiver interesse e tomar a dose da vacina, poderá receber no posto particular – O preço sai entre 100 e 200 reais, dependendo da cidade.

Nas clínicas particulares, é possível receber uma vacina quadrivalente. Ou seja, que protege contra os subtipos do influenza que já citamos e contra mais um, batizado de Yamagata.

Recomendo consultar um médico para saber as contra-indicações e reações após a vacina. 

Até a próxima!!

Conheça algumas maneiras de expulsar as toxinas do corpo

Quem aí curte manter toxina no corpo? Acredito que ninguém não é mesmo?

Leia também:

O cacau é um alimento saudável e poderoso

O corpo fala – Enfrente os sentimentos e seja feliz

Você sabia que o nosso corpo possui formas para expulsar as toxinas presentes em órgãos como os rins, sistema digestivo, fígado, pulmões e também presentes na pele?

Até aí tudo bem, só que mesmo o organismo trabalhando naturalmente, vale ao indivíduo estimular cada vez essa limpeza, uma vez que são substâncias que não agregam em nada.

As toxinas chegam em nosso organismo das mais variadas formas: Ambiente externo como poluição, fumaça ou consumo de cigarros, alimentação que sem que saibamos contém agrotóxicos e por aí vai.

Claro que é impossível não “consumir” tudo isso e consequentemente ficarmos doentes e com a saúde debilitada.

Como eu penso em viver mais e melhor e também te desejo isso, apresento abaixo, algumas estratégias de comportamento que colaboram para o nosso organismo ficar mais saudável.

Água

Esse é o melhor remédio que podemos consumir. O corpo agradece e se mantém forte, uma vez que absorve nutrientes, oxigênio e sais minerais para as células.

A água ajuda na desintoxicação, principalmente por meio da urina.

Atividades físicas

Suar é um santo remédio, porém, desde que esteja hidratado. Fazer algo aeróbico como corrida, caminhada, ciclismo, natação, etc, e maneira regular é fundamental. Essas atividades estimulam a circulação sanguínea e o funcionamento do sistema linfático.

Fibras

E lembre-se sempre: Se alimentar de fibras é essencial. Consuma muitas frutas, legumes, folhas e hortaliças, além dos cereais integrais.

As fibras também ajudam na regulação do apetite e no sistema digestivo.

Detox

E não é de hoje que esses sucos estão na moda. Cada um para uma funcionalidade específica e com resultados esperados.

Os sucos Detox fazem sim uma grande limpeza no organismo. Viva a experiência de fazer uma mistura que envolva, por exemplo frutas e verduras como abacaxi, melancia, maçã, gengibre, couve, hortelã, linhaça, etc. esses são ótimos componentes. Vale a pena consultar um nutricionista para dicas do que trabalhar no seu organismo.

Drenagem linfática

As drenagens são técnicas importantes no combate as toxinas e liberação de líquidos presentes no corpo.

Os movimentos ritmados fazem com que a oxigenação dos tecidos aumente e assim expulse o excesso de líquido e toxinas para os locais responsáveis em coletá-los.

E antes de investir nesse processo, consulte um bom profissional e melhor plano de sessões.

Espero que tenha gostado e até a próxima!

 

Dengue é um problema que você pode resolver

Os cuidados e prevenções devem ser contínuos. Quem dera acabar com essa epidemia. Em três anos houve consciência da população, o que resultou na queda dos casos da transmissão da doença.

Leia também:

Constelação sistêmica familiar pode mudar a sua vida

Aumente o poder do seu cérebro com novos exercícios

Agora, de acordo com os números do Ministério da Saúde, nesse ano já teve um aumento de 303%, um absurdo.
O Brasil já soma mais de 322 mil casos. Para se ter uma ideia, o volume de casos pela população, é de 154,5 casos por 100 mil habitantes, tida como moderada. Esses dados foram contabilizados entre os dias 13 e 30 de março um aumento de 40%.

A região Sudeste é mais preocupante com 213 mil casos ou 66% dos registros; seguido pela região Centro-Oeste, com 56 mil casos.

É bom ressaltar que os sintomas nas crianças são mais sentidos. Fique atento para quadro febril com sinais de fraqueza, sonolência, falta de apetite e de sede, além de vômitos constantes e diarreia.

A doença mais grave é a dengue hemorrágica que ocorre quando o indivíduo já foi infectado anteriormente por um tipo diferente do vírus. Nesse caso os sintomas são mais intensos e pode resultar em hemorragias nasais, gengivais, urinárias e gastrointestinais. No pior cenário, a pressão arterial pode ficar muito baixa e levar a óbito.

Por isso, ainda é melhor prevenir do que remediar. Acabe com os focos de acúmulo de água na sua residência. Proteja você e sua família. Vamos acabar com mosquito hospedeiro da doença, o Aedes aegypti.

Veja também:

Esse aplicativo te auxilia no combate ao mosquito Aedes aegypti. Para baixar o app, clique aqui (por enquanto, disponível apenas para Android).

Através dele, a população poderá denunciar locais em que existam focos do Aedes aegypti. Assim, todas as informações coletadas ajudam a mapear os locais de concentração do inseto.

As informações são encaminhadas para as prefeituras para que tomem providências necessárias de combate.
Para fazer a denúncia, é preciso que o usuário faça um cadastro com nome, telefone, e-mail e endereço.

Sintomas

Entre as diferenças do tipo de doença causado pelo mosquito, a dor de cabeça costuma ser mais intensa na dengue, enquanto a dor nas articulações é mais intensa na Chikungunya e o Zika raramente apresenta febre ou outros sintomas.

A infecção pelo Zika costuma apresentar também um quadro de conjuntivite em cerca de metade das pessoas, a vermelhidão no corpo costuma coçar e pode ocorrer um aumento dos gânglios.

Vamos vencer esse mal. Compartilhe e faça a sua parte em casa e nas ruas.

Até a próxima!!

Uma doença que acomete aproximadamente 30% dos mais de 100 milhões de trabalhadores brasileiros

Você já ouviu falar da síndrome de burnout?

Leia também

A pílula da felicidade é real

Depressão pode ser combatida com alimentação

Bem, se você trabalha em excesso, valoriza mais o seu tempo para as tarefas, atenção – essa síndrome é um distúrbio psíquico caracterizado pelo estado de tensão emocional e estresse provocados por condições de trabalho desgastantes.

A doença foi descrita no ano de 1974 por Freudenberger, um médico americano. Esse distúrbio psíquico acontece pelo desgaste profissional e está registrado no Grupo V da CID-10 (Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde).

A principal característica é o estado de tensão emocional e estresse crônicos provocado por condições de trabalho físicas, emocionais e psicológicas desgastantes. As pessoas mais atingidas são as que são exigidas em envolvimento interpessoal direto e intenso.

De acordo com os estudos, os profissionais das áreas de educação, saúde, assistência social, bombeiros, policiais, recursos humanos, agentes penitenciários e mulheres que enfrentam dupla jornada correm risco maior de desenvolver o transtorno.

SINTOMAS

O sintoma típico da síndrome de burnout é a sensação de esgotamento físico e emocional, o que resulta na falta ao trabalho, atitudes negativas, mudanças radicais no humor, isolamento, agressividade, dificuldade para se concentrar, irritabilidade, depressão, ansiedade, lapsos de memória e baixa autoestima.

Além disso, pode estar associada à síndrome, dor de cabeça, sudorese, palpitação, pressão alta, enxaqueca, cansaço, dores musculares, distúrbios gastrintestinais, insônia e crises de asma

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico leva em conta o levantamento da história do paciente e seu envolvimento e realização pessoal no trabalho.

Respostas psicométricas a questionário baseado na Escala Likert também ajudam a estabelecer o diagnóstico.

TRATAMENTO

O tratamento da síndrome de burnout inclui o uso de antidepressivos e psicoterapia. Atividade física regular e exercícios de relaxamento também ajudam a controlar os sintomas.

RECOMENDAÇÕES

·         Avalie quanto as condições de trabalho estão interferindo em sua qualidade de vida e prejudicando sua saúde física e mental. Permita-se mudar a sua rotina para realizar melhor as atividades diárias e objetivos profissionais.

·         Pratique exercícios físicos na melhor hora do dia para você. Não dê desculpas pela falta de tempo. Viva a sua vida pessoal com intensidade. Lazer é fundamental. Acredite, mudar seu estilo de vida colabora para o tratamento da síndrome de burnout;

·         Consumir álcool em excesso é prejudicial. Isso sem falar de outras drogas para afastar as crises de ansiedade e depressão. Evite então os remédios.

·         Consulte um médico para o melhor tratamento

Até a próxima

Mesmo que você não acredite, saiba que sim, existe relação entre sentimentos e doenças.

O poder da mente é decisivo na aquisição, cura e tratamento de doenças. Se autoconhecer é fundamental.

Leia também:

Dormir bem é possível com meditação

Depressão pode ser combatida com alimentação

Hoje existem diversas terapias que provam como o controle emocional é um aliado a ser melhor trabalhado.

É comum o ser-humano ter no dia a dia, seja por minutos, horas, semanas e até mesmo anos, um sentimento de raiva, tristeza, frustração, rancor, desprezo, desespero, ressentimentos, vergonha, entre outros.

E essa forma de sentimento é reflexo do que se busca como expectativa e responsabilidade. E olha que não apenas de si mesmo, e sim nas nossas relações. Muitas vezes culpamos nosso insucesso como sendo culpa de outro.

Nós somos responsáveis pelos nossos atos. As nossas escolhas fazem a diferença para o bem ou para o mal. Guardar pensamentos, se julgar, reclamar e até mesmo deixar de agradecer nos causam doenças.

Tendo como fonte: tratamentodadepressao.org , listo uma relação de doenças de A até V, assim como o sentimento que pode causá-la.

É importante te incentivar a ser mais positivo, ou seja, para cada tipo de doença, existe a maneira de afirmar positivamente a fim de se curar. Vamos nessa?

Alcoolismo – Sentimentos de futilidade, inadequação, culpa e auto-rejeição.

Afirmação positiva – “Eu relaxo e liberto o passado. Eu tenho valor, amo-me e aceito-me tal como sou agora.”

Alergias – A quem você é alérgico? Falso ego e sensibilidade.
Afirmações positivas – “Eu estou em Paz. O mundo é seguro e amigo.”

Amigdalite – Emoções reprimidas e medo; raiva reprimida.
Afirmação positiva – “Nada impede o bom em mim. Eu permito a liberdade de expressão, das ideias divinas, que fluem e ganham significado em mim.”

Anemia – Falta de prazer; desinteresse da vida (causas emocionais das doenças)
Afirmação positiva – “Meu mundo é cheio de alegria e estou interessado em tudo.”

Apendicite – Medo da vida; bloqueio do fluxo das sensações.
Afirmação positiva – “Alegria; eu relaxo e deixo minhas sensações fluírem.”

Artrite – Amargura, ressentimento, crítica, sentimentos de desamor.
Afirmação positiva – “Amor e perdão. Eu deixo os outros serem eles mesmo. Eu sou livre.”

Asma – Super sensibilidade; amor sufocado; supressão do choro, sentimentos sufocados.
Afirmação positiva – “Eu sou livre. Eu me encarrego da minha própria vida. Eu posso expressar meus sentimentos como eles são.”

Bexiga (problemas) – Ansiedade; resistência contra novas ideias.
Afirmação positiva – “Eu abandono o passado, despreocupo me do futuro. Eu aceito o que é novo, agora.”

Boca (problemas) – Incapacidade de engolir ideias; fixação de opiniões e mente fechada.
Afirmação positiva – “Eu dou boas-vindas a ideias e conceitos novos.”

Bronquite – Ambiente familiar inflamado.
Afirmação positiva – “Paz. Ninguém consegue irritar-me.”

Câimbras – Tensão; segurar-se; oprimir-se.
Afirmação positiva – “Eu relaxo e deixo a vida fluir.”

Câncer – Mágoa profunda, tristezas mantidas por muito tempo.
Afirmação positiva – “Eu deixo o passado ser apenas passado. Eu aceito que o prazer e a alegria sejam as bases da minha vida.”

Ciática – Medo do dinheiro e do futuro.
Afirmação positiva – “Eu me movimento no melhor de tudo. Meu bem está em todo lugar e eu estou seguro.”

Coceira – Desejos insatisfeitos, remorso; punição e culpa.
Afirmação positiva – “Tudo que eu precisar estará sempre aqui. Eu aceito tudo de bom sem sentimentos culposos.”

Coração – Problemas emocionais sérios longamente suportados; falta do prazer, rejeição da vida. Crença nas pressões e no esforço.
Afirmação positiva – “Alegria, alegria, alegria, amor e paz. Eu prazerosamente aceito tudo na vida.”

Desmaios – Medo; não poder conviver ou enfrentar; apagar-se de tudo.
Afirmação positiva – “Eu tenho poder, força e conhecimento para lidar com tudo na vida.”

Diabetes – Profundo sentimento de mágoa, dependência afetiva, buscam incessantemente atenção, afeto e amor.
Afirmação positiva – “Eu amo-me e aceito-me…todos me amam e me apoiam. Eu deixo o passado ser apenas passado. Eu aceito que o prazer e a alegria sejam as bases da minha vida.”

Dor de Cabeça – Tensão, revolta, contrariedades emocionais. Sentimentos feridos.
Afirmação positiva – “Paz, amor, alegria, relaxamento. No meu mundo tudo está bem.”

Dor de ouvidos – Raiva; não querer ouvir (causas emocionais das doenças)
Afirmação positiva – “Eu ouço com amor e prazer. Sempre escuto o bom de tudo.”

Edema – Super sensibilidade, individualidade machucada. Personalidade ferida.
Afirmação positiva – “Eu sou seguro, ninguém ameaça minha individualidade.”

Enxaqueca – Resistência ao fluir da vida; medos sexuais. Desperdícios emocionais.
Afirmação positiva – “Eu descanso no fluxo da vida. Deixo-a fluir através de mim.”

Estomago (problemas) – Incapacidade de assimilar ideias. Medo de novas ideias.
Afirmação positiva – “Eu assimilo novas ideias facilmente. A vida concorda comigo.”

Excesso de peso – Insegurança; auto rejeição; procura de amor. Medo de perda, sufocar sentimentos.
Afirmação positiva – “Eu aceito-me e amo-me tal como eu sou. Eu sou sempre seguro no caminho espiritual.”

Fadiga – Resistência, aborrecimento; falta de amor pelo que faz.
Afirmação positiva – “Estou entusiasmado com a vida. Cheio de Energia.”

Gagueira – Insegurança; falta de auto expressão (causas emocionais das doenças)
Afirmação positiva – “Eu permito-me falar por mim e comunico-me com amor.”

Garganta – Repressão de raiva; ferimentos emocionais engolidos.
Afirmação positiva – “Eu expresso-me com alegria e ninguém me pode magoar.”

Gastrite – Reter ideias indigestas; sufocar o ar por medo.
Afirmação positiva – “Eu deixo a vida fluir através de mim.”

Glaucoma – Pressão emocional por sustentar por longo tempo sentimentos feridos.
Afirmação positiva – “Ninguém pode jamais me ferir. Eu vejo com amor e ternura.”

Gripe – Respostas a negatividade e crença geral; medo, crença em estatísticas.
Afirmações positivas – “Eu não sou governado pelas crenças de grupos ou preconceitos. Eu sou livre de todas influências.”

Hemorroidas – Carga, pressão, tensão, medo de deixar acontecer.
Afirmação positiva – “Eu descanso todo o peso e as cargas. Eu vivo na alegria do presente.”

Hemorragias – Perda da alegria, o sangue é o fluxo da vida e representa a alegria, que gera felicidade. Pode viver contrariado e não sentir alegria pelas coisas que faz, não fazer o que verdadeiramente ama na vida.
Afirmação positiva – “Eu confio em mim e na vida. Permito-me buscar e encontrar dentro de mim o caminho da minha verdade para ser feliz.”

Hérnia – Carga, resistência mental, autopunição; raiva; expressões criativas incorretas.
Afirmação positiva – “Minha vida é calma e harmoniosa. Eu me amo com ternura.”

Herpes – Prolongada suspensão nervosa (causas emocionais das doenças)
Afirmação positiva – “Descanso agora tranquilamente de todos os meus pensamentos e de todas atividades que exercem pressão sobre mim. A paz está em mim.”

Impotência – Pressão sexual, tensão, culpa; crenças sociais; rancor contra um antigo parceiro.
Afirmação positiva – “Eu permito que todo poder dos meus princípios sexuais opere com facilidade e prazer.”

Inchaços – Auto rejeição, medo, falta de amor.
Afirmação positiva – “Eu só adiciono amor em mim. Nada terá mais poder em mim.”

Indigestão – Medo, ansiedade, pavor.
Afirmação positiva – “Eu recebo o novo e assimilo.”

Infecções – Irritação, raiva, chateação.
Afirmação positiva – “Nada tem o poder de irritar-me. Eu sou pacífico e harmonioso.”

Insônia – Tensão, culpa, medo.
Afirmação positiva – “Eu descanso do dia e mergulho num sono perfeito, pacífico.”

Laringite – Medo de verbalizar opiniões; raiva. Ressentimento da autoridade.
Afirmação positiva – “Eu posso falar por mim. Eu me expresso livremente.”

Menopausa (problemas) – Medo de não ser mais querido, auto rejeição. Modo de envelhecimento.
Afirmação positiva – “Eu sou equilibrado em todos os ciclos da mudança, abençoo meu corpo com amor.”

Olhos (problemas) – Não gostar do que vê em sua vida. Medo do futuro; não ver a verdade.
Afirmações positivas – “Eu vejo com olhos amorosos, eu vejo, a verdade, eu vejo claramente.”

Ombros – Suportar carga, excesso de carga.
Afirmação positiva – “A vida é alegria e liberdade; tudo o que aceito é bom.”

Ossos (problemas) – Revolta contra a autoridade (os ossos são a estrutura do universo).
Afirmação positiva – “Eu estou em paz com a autoridade. Em meu mundo, sou minha própria autoridade.”

Pele (problemas) – Sentir-se ameaçado na individualidade; falta de segurança, impaciência; assadura; maneira de ganhar atenção.
Afirmações positivas – “Eu aceito minha individualidade. Eu sou emocionalmente seguro. Eu ganho atenção de maneira positiva.”

Pernas (problemas) – Medo do futuro (as pernas carregam você para frente).
Afirmação positiva – “Eu me movo com confiança e alegria.”

Pés (problemas) – Medo do futuro
Afirmações positivas – “Eu paro na verdade. Vou adiante com prazer. Tenho compreensão espiritual.”

Pescoço (problemas) – Inflexibilidade, recusa em ver outros lados da questão; teimosia.
Afirmação positiva – “Eu sou flexível. Aceito outros pontos de vista.”

Pneumonia – Desespero; cansaço da vida, preocupações emocionais; distúrbios internos.
Afirmação positiva – “Eu recebo livremente ideias divinas, impregnadas com o hálito da vida.”

Pressão sanguínea – ALTA: manter por longo tempo problemas insolúveis; BAIXA: depressão, mágoa, derrotismo, raiva.
Afirmação Positiva – “ALTA: eu sou alegria e deixo o passado dissolver-se. BAIXA: eu vivo com mais alegria agora; a vida é alegria.”

Prisão de ventre (intestinos) – Recusa de relaxar sobre velhas ideias; mesquinhez.
Afirmação positiva – “Eu relaxo o passado, generosamente permito que a vida flua através de mim.”

Próstata (problemas) – Desistência, derrotismo sensualidade excessiva com sentimento de culpa; crença na velhice
Afirmação positiva – “Eu aceito minha masculinidade; eu sou eternamente poderoso. Sexo é prazer.”

Pulmões – Medo de receber e dar-se à vida.
Afirmação positiva – “A respiração flui através de mim.”

Quadris (problemas) – Medo de ir avante em decisões importantes.
Afirmação positiva – “Sigo com alegria, amparado e sustentado pelo poder da vida.”

Resfriados – Confusão, desordem, pequenos machucados; família e crenças estereotipadas.
Afirmação positiva – “Eu sou livre-pensador; estou em paz com minha mente.”

Reumatismo – Falta de amor; ressentimento; amargura crônica; vingança.
Afirmação positiva – “Eu tenho compaixão com os outros e comigo. Eu aceito sentimentos prazerosamente.”

Rins (problemas) – Crítica, sensibilidade, desapontamento.
Afirmações positivas – “Eu vejo somente o bom em tudo. Ações corretas sendo tomadas. Eu estou realizado.”

Roer unhas – Separação dos pais (emocional), pedaço de si que se recalca, revolta.
Afirmação positiva – “Eu sou especial, criativo e permito-me paz interior. Sou seguro em minha maturidade emocional.”

Sangue (problemas) – Falta de alegria; faltas de circulação das ideias; pensamentos estagnados.
Afirmação positiva – “Alegria. Com alegria as novas ideias circulam livremente.”

Sinusite – Presença de pessoas que o irritam.
Afirmação positiva – “Ninguém tem o poder de me irritar a menos que eu permita. Paz e harmonia.”

Tórax – Super dimensão de atitudes e propósitos na vida. Super proteção.
Afirmação positiva – “Eu sou livre e permito liberdade a todos.”

Tosse – Nervosismo, amolação, crítica.
Afirmação positiva – “Eu expresso-me pacificamente e falo com amor.”

Tumor – Crescimento falso; ferimentos e choques emocionais.
Afirmação positiva – “Descanso e perdão. O amor dissolve ferimentos.”

Tumor no cérebro – Crenças incorretas computadas; teimosia; recusa em mudar os velhos padrões.
Afirmação positiva – “Tudo na vida é mudança. Meus padrões são sempre novos.”

Úlceras – Algo se corrói em você; ansiedade, medo, tensão. Crença em pressões.
Afirmação positiva – “Nada pode irritar-me; sou pacífico, calmo e feliz.”

Varizes – Negatividade, resistência; remoer emoções; sustentar um trabalho que você odeia; circulação entravada, atulhada de ideias; desencorajamento.
Afirmação positiva – “Eu me movimento e vivo com prazer. Eu amo a vida e círculo livremente.”

Verruga – Acumulo de momentos de ódio, viver desconfiado e sempre atento para com as coisas ruins do ambiente.
Afirmação positiva – “Eu aceito e me liberto de todos os pensamentos e sentimentos negativos, eu confio em mim e na vida, todos me respeitam e me compreendem.”

Vesícula  – Amargura; pensamentos dolorosos que você não encontra meios de evitar.
Afirmação positiva – “Alegre deixo o passado ir. A vida é boa. Eu sou bom.”

Lembre-se: Quando a boca cala o corpo fala. Enfrente os sentimentos sem guardá-los. Deixe o amor fazer parte de sua vida.

Até a próxima!!

Depressão é um mal do século e exige cuidados

Sim, depressão é uma doença muito perigosa e está presente em milhares de pessoas. Por mais que muitas das vezes, o indivíduo se recusa a aceitar o problema, vale se permitir conversar cm profissionais de saúde e buscar o equilíbrio.

Leia também:

Março amarelo é prova de amor ao seu animal

Pesquisa mostra que comer menos ajuda a viver mais

Normalmente o tratamento é feito com medicamentos e alguns fitoterápicos. O profissional saberá o que indicar, de acordo com a causa.

É importante que se diga que algumas mudanças de comportamento também colaboram para uma melhora. Controlar a ansiedade, que também é outra doença que está em evidência, adotar novos hábitos saudáveis, como meditação, atividades físicas, alimentação adequada, entre outras coisas que ajudam no bem-estar.

A alimentação pode ser um grave problema para a manutenção ou aumento da depressão – Por exemplo, os produtos como o açúcar podem ser prejudiciais e devem ser evitados – açúcar branco refinado é um deles. Ficar longe também de refrigerantes, sucos de frutas e xarope de milho também é fundamental.

Um dos motivos é que o açúcar contribui para o processo inflamatório do organismo e, consequentemente, também do cérebro. A inflamação cerebral pode chegar a 30% maior em pacientes com depressão.

Fora isso, aumentar o consumo desse ingrediente irá liberar insulina, o que resulta na queda rápida do açúcar do sangue.

Apresento algumas dicas de consumos para combater a depressão:

·         Comer frutas ao invés de consumi-las em sucos.

·         Troque a farinha branca pela integral ou a de castanha

·         Evite molhos de salada e catchup, pois possuem aspartame ou xarope de milho

·         Evite o consumo excessivo de bebida alcoólica

·         Beber bastante água

·         Evite molhos à base de soja, como shoyu

·         Evite alimentos processados, principalmente os enlatados. Um estudo com 3 mil pessoas na Inglaterra mostrou que aqueles que consumiam mais enlatados tinham maior índice de depressão, se comparado com o menor risco nas pessoas que ingeriam mais ingredientes integrais

·         Coma bastante grãos, cereais integrais, frutas, verduras, legumes, peixe, fibras

·         Evite gorduras trans, como batata frita, nuggets, frango frito

·         Produtos que são ricos em magnésio, complexo B, zinco e cobre, são importantes para produção de neurotransmissores (são componentes químicos cerebrais que transmitem sinais entre as células nervosas) e podem ajudar a evitar e melhorar depressão e ansiedade

·         Coma queijo, frango, amendoim e castanha de caju, ervilha, ovo e leite

·         Evite ao máximo os fast foods, as carnes vermelhas e processadas como salsicha, linguiças etc

·         Prefira os alimentos gorduros como abacate, azeite, castanhas e peixes. Estas ajudam na depressão e no humor

Até a próxima!!

Março amarelo tem apoio da Cobasi

A campanha serve para alertar donos de cães e gatos sobre doenças crônicas renais, super perigosas, e as que mais atacam animais idosos (principalmente felinos).

Leia também

Pesquisa mostra que comer menos ajuda a viver mais

A importância de pedalar em família

A ideia principal é promover a prevenção e também esclarecer dúvidas sobre cuidados de como lidar com um problema que pode ser grave.

A iniciativa é totalmente apoiada pela Cobasi . De acordo com a doutora Cristiane de Godoi Gama, especializada em medicina felina da SPet Cobasi Augusta, o que muita gente não sabe é que doenças renais crônicas são muito comum na espécie felina e podem ser consideradas um dos problemas mais recorrentes em gatos com mais de 14 anos, sendo o maior responsável de caso de óbito.

Agora é importante ressaltar que os cachorros também sofrem com esse cenário. As doenças renais quando crônicas são caracterizadas clinicamente pelo desenvolvimento de lesões dentro do rim.

Por isso vale a prevenção e o diagnóstico precoce, afinal mesmo que não haja cura, pelo menos consegue estender a vida do animal.

De acordo com os veterinários, as doenças renais é quando os rins param de exercer corretamente suas funções. Fique atento para os tipos de causas, que podem ser diversas: infecções, parasitas, doenças autoimunes, traumas, intoxicações, congênitas ou hereditárias, entre outras.

Procure sempre um profissional para ter certeza que seu animal de estimação esteja bem de saúde.

Em alguns casos, como infecções, é possível que o animal se cure completamente com o tratamento certo. Por isso manter seu pet sadio é fundamental: com água fresca e comida apropriada para o peso e raça. Estimule também a prática de exercícios, controle de carrapatos, pulgas e mantenha as vacinas em dia.

Entre os sintomas mais comuns estão: fazer mais xixi do que de costume, aumentar o consumo de água, diminuição do apetite, hálito forte e vômito recorrente.

Vamos nos atentar ao “Março Amarelo” e levar os pets ao veterinário para exames periódicos.

Até a próxima!!